sicnot

Perfil

País

Habitantes de aldeia de Arcos de Valdevez já regressaram a casa

Os mais de 30 habitantes da aldeia de Vilarinho das Quartas, no Soajo, Arcos de Valdevez, na área do Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG), regressaram a casa cerca das 21:30, disse à Lusa a Proteção Civil Municipal.

De acordo com o vereador da Proteção Civil Municipal de Arcos de Valdevez, Olegário Gonçalves, "o perigo passou e os habitantes puderam regressar a casa em segurança".

A aldeia foi evacuada cerca das 17:30 devido ao incêndio que lavra naquele concelho desde segunda-feira. Os mais de 30 habitantes foram deslocados para o Centro Social do Soajo.

Em Ponte da Barca, concelho vizinho de Arcos de Valdevez, onde, cerca dias 17:30, esteve "iminente" a evacuação da aldeia Paradamonte, situada junto à antiga central hidroelétrica da EDP, na Serra Amarela, também área do PNPG, "a situação está mais calma".

O presidente da Câmara Municipal, Vassalo Abreu adiantou à Lusa que "a pronta intervenção dos bombeiros, no terreno, e dos meios aéreos evitaram o pior".

Segundo a informação disponibilizada na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), às 22:10, os incêndios mais preocupantes são no distrito de Viana do Castelo, no concelho de Caminha, mobilizando 119 operacionais e 35 meios terrestres, e em Arcos de Valdevez, com 173 operacionais apoiados por 62 viaturas.

Lusa

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.