sicnot

Perfil

País

Habitantes de aldeia de Arcos de Valdevez já regressaram a casa

Os mais de 30 habitantes da aldeia de Vilarinho das Quartas, no Soajo, Arcos de Valdevez, na área do Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG), regressaram a casa cerca das 21:30, disse à Lusa a Proteção Civil Municipal.

De acordo com o vereador da Proteção Civil Municipal de Arcos de Valdevez, Olegário Gonçalves, "o perigo passou e os habitantes puderam regressar a casa em segurança".

A aldeia foi evacuada cerca das 17:30 devido ao incêndio que lavra naquele concelho desde segunda-feira. Os mais de 30 habitantes foram deslocados para o Centro Social do Soajo.

Em Ponte da Barca, concelho vizinho de Arcos de Valdevez, onde, cerca dias 17:30, esteve "iminente" a evacuação da aldeia Paradamonte, situada junto à antiga central hidroelétrica da EDP, na Serra Amarela, também área do PNPG, "a situação está mais calma".

O presidente da Câmara Municipal, Vassalo Abreu adiantou à Lusa que "a pronta intervenção dos bombeiros, no terreno, e dos meios aéreos evitaram o pior".

Segundo a informação disponibilizada na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), às 22:10, os incêndios mais preocupantes são no distrito de Viana do Castelo, no concelho de Caminha, mobilizando 119 operacionais e 35 meios terrestres, e em Arcos de Valdevez, com 173 operacionais apoiados por 62 viaturas.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.