sicnot

Perfil

País

Níveis de ozono no ar elevados em cinco concelhos do distrito de Aveiro

A concentração de ozono no ar ultrapassou esta quinta-feira, em cinco concelhos do distrito de Aveiro, os níveis a partir dos quais pode afetar a saúde, especialmente dos grupos populacionais mais sensíveis, informaram as autoridades.

Numa nota, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDR-C) informou que, segundo dados registados na estação de medição da qualidade do ar da Teixugueira, concelho de Estarreja, foi hoje ultrapassado o valor da concentração de ozono de 180 microgramas por metro cúbico, estabelecido como limiar de informação obrigatória ao público.

Em causa estão os concelhos de Albergaria-a-Velha, Estarreja, Murtosa, Ovar e parte de Aveiro, nos quais os níveis de ozono atingiram os 186 microgramas por metro cúbico, entre as 13:00 e as 14:00.

A CCDR-C realçou que estes valores de concentração "podem provocar danos na saúde humana, especialmente nos grupos mais sensíveis" como crianças, idosos, asmáticos, alérgicos e pessoas com outras doenças respiratórias ou cardíacas.

As pessoas nestas condições são aconselhadas a reduzirem ao mínimo a atividade física intensa ao ar livre, a evitarem fatores de risco como fumar ou utilizar/contactar com produtos irritantes como gasolina, tintas e vernizes.

A nota da CCDR-C também aconselha que sejam respeitados rigorosamente tratamentos médicos em curso e o recurso a cuidados médicos, em caso de agravamento de eventuais sintomas.

A exposição a este poluente afeta, essencialmente, as mucosas oculares e respiratórias podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos, sublinhou a CCDR-C.

Lusa

  • Criança de 2 anos desaparecida em Sintra

    País

    As autoridades estão este domingo a fazer buscas na zona do bairro de Santa Marta, em Casal de Cambra, Sintra, na sequência do alerta do desaparecimento de uma criança de dois anos, segundo fonte da PSP.