sicnot

Perfil

País

Plano Distrital de Emergência do Porto prolongado até domingo

A Comissão Distrital de Proteção Civil (CDPC) decidiu prolongar o Plano Distrital de Emergência (PDE) até às 20:00 de domingo, acompanhando o alerta laranja nacional, disse o presidente daquela entidade.

Em declarações à Lusa, o presidente da CDPC, Marco Martins, recordou que as previsões apontam para uma manutenção das temperaturas nos próximos dias e lembrou que "só hoje no Porto já vai em 100 ocorrências".

No domingo, o PDE vai voltar a ser reavaliado, "em função daquilo que forem as condições meteorológicas, o número de ocorrências até lá e também o estado dos meios e dos homens".

De acordo com o também presidente da Câmara Municipal de Gondomar, há neste momento três situações significativas no distrito (Baião, Lousada e Santo Tirso), mas que "não oferecem grande preocupação porque estão, segundo informações do Comando Distrital de Operações de Socorro, a ficar resolvidas".

Questionado sobre as vantagens que o PDE acarreta, Marco Martins sublinhou que sem a ativação deste plano "provavelmente não haveria no distrito do Porto pelotões militares como neste momento há quatro a acompanhar as operações de rescaldo e vigilância".

Na terça-feira, a CDPC do Porto já havia decidido prolongar até hoje o PDE, cuja ativação inicial foi inédita no distrito.

O comandante nacional da Proteção Civil pediu hoje à população que siga "rigorosamente" as instruções das autoridades, considerando que o período de incêndios que se está a atravessar é de "gravidade significativa".

"Sigam rigorosamente as instruções das autoridades, nomeadamente através dos seus serviços municipais de proteção civil", recomendou o comandante nacional da Proteção Civil, José Manuel Moura, em declarações aos jornalistas.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.