sicnot

Perfil

País

Quarenta bungalows do Choupana Hills não foram atingidos pelas chamas

(SIC/Arquivo)

O hotel Choupana Hills, no Funchal, ficou parcialmente queimado num dos incêndios que assolou a região, com as zonas comuns destruídas, à exceção do SPA e de 40 dos 62 bungalows.

O hotel "está parcialmente queimado" e as zonas comuns estão todas destruídas, à exceção do SPA, apesar de dos 62 bungalows, cerca de 40 não terem sido atingidos pelas chamas.

De acordo com a mesma fonte, as seguradoras iam iniciar os processo de peritagem hoje, mas devido às temperaturas elevadas que ainda se fazem sentir nos edifícios têm que aguardar por condições técnicas para avançar.

SIC

O Choupana Hills pede ainda "a todas as pessoas que tenham feito reservas no hotel que contactem os seus agentes de viagens", garantindo que "o hotel assegura o reembolso, assim que possível, de todos aqueles que consigam confirmar as reservas".

Três pessoas morreram na terça-feira, no Funchal, na sequência dos incêndios que deflagraram no concelho na segunda-feira.

SIC

O fogo provocou ainda cerca de mil desalojados, entre residentes e turistas, e muitas casas e um hotel (Choupana Hills) foram afetados pelo fogo.

Os prejuízos materiais são avultados, mas não estão ainda contabilizados.

Lusa

  • O que resta do Choupana Hills da Madeira
    0:56

    País

    Era um dos hoteis mais emblemáticos do Funchal e foi completamente destruído pelas chamas. O Choupana Hills não conseguiu resistir à força das chamas numa zona que era considerada até ontem um refúgio verde na ilha da Madeira

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC