sicnot

Perfil

País

Voo da Força Aérea surpreende banhistas da praia da Costa Nova

Um avião da Força Aérea Portuguesa numa missão de treino de fiscalização costeira passou esta quinta junto à praia da Costa Nova, em Ílhavo, levando a que várias pessoas partilhassem a sua surpresa nas redes sociais. Veja o vídeo em baixo.

No Facebook, o utilizador Daniel Fernandes comentou tratar-se de "um voo muito estranho na Costa Nova" a "passar muito perto de quem estava na praia", partilhando um vídeo com 25 segundos no qual dezenas de pessoas se levantam da areia e olham para Norte ao ouvir o aproximar de uma aeronave, que passa junto à costa. No final do vídeo é possível ouvir uma criança dizer "que fixe".

Em declarações à Lusa, o porta-voz da Força Aérea Portuguesa, Rui Roque, confirmou que o avião no vídeo é "efetivamente uma aeronave P-3C Orion da Força Aérea Portuguesa que estava naquele momento a realizar uma missão de treino de fiscalização de atividade costeira".

"Esse tipo de treino requer que se efetuem voos a baixa altitude porque só isso é que permite a identificação concreta e objetiva das embarcações que têm que fiscalizar. Sobretudo em situações de menor visibilidade como era o caso", declarou Rui Roque.

O porta-voz da Força Aérea acrescentou que o voo realizou-se entre Ovar e Aveiro durante o final da manhã desta quinta-feira estando "os requisitos de segurança perfeitamente cumpridos".

Sobre o voo em si, Rui Roque explicou que o avião identifica "embarcações que estão numa faina específica, são pequenas e estão muito perto da costa" - em concreto a menos de 450 metros - recolhe a informação, mas não chega a transmiti-la à Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos por se tratar de um treino, algo que aconteceria se fosse uma missão real.

Lusa

  • Explosão próximo do aeroporto de Damasco

    Mundo

    A televisão do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, noticiou hoje que a explosão ocorrida esta madrugada perto do aeroporto de Damasco "foi provavelmente" resultado de um ataque israelita contra depósitos de combustível.

    Em atualização

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Macron e Le Pen em troca de acusações
    2:16

    Eleições França 2017

    A campanha eleitoral para a segunda volta em França ficou esta quarta-feira marcada por uma troca de acusações entre os dois candidatos. De visita a uma fábrica em risco de encerramento, Le Pen prometeu que se for eleita salvará os 300 postos de trabalho. Emmanuel Macron acusou a candidata da extrema-direita de aproveitamento político.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • "Esta moda bizarra de não vacinar crianças tem tido estas consequências"
    1:43

    Surto de sarampo

    Há mais um caso de sarampo registado pela Direção-Geral da Saúde, no total já são 25. Francisco George garantiu que a situação não é preocupante para as crianças em idade escolar e recomendou uma discussão parlamentar sobre a vacinação. Mais de 11 mil pessoas já assinaram uma petição pública a defender a vacinação obrigatória. 

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.