sicnot

Perfil

País

Voo da Força Aérea surpreende banhistas da praia da Costa Nova

Um avião da Força Aérea Portuguesa numa missão de treino de fiscalização costeira passou esta quinta junto à praia da Costa Nova, em Ílhavo, levando a que várias pessoas partilhassem a sua surpresa nas redes sociais. Veja o vídeo em baixo.

No Facebook, o utilizador Daniel Fernandes comentou tratar-se de "um voo muito estranho na Costa Nova" a "passar muito perto de quem estava na praia", partilhando um vídeo com 25 segundos no qual dezenas de pessoas se levantam da areia e olham para Norte ao ouvir o aproximar de uma aeronave, que passa junto à costa. No final do vídeo é possível ouvir uma criança dizer "que fixe".

Em declarações à Lusa, o porta-voz da Força Aérea Portuguesa, Rui Roque, confirmou que o avião no vídeo é "efetivamente uma aeronave P-3C Orion da Força Aérea Portuguesa que estava naquele momento a realizar uma missão de treino de fiscalização de atividade costeira".

"Esse tipo de treino requer que se efetuem voos a baixa altitude porque só isso é que permite a identificação concreta e objetiva das embarcações que têm que fiscalizar. Sobretudo em situações de menor visibilidade como era o caso", declarou Rui Roque.

O porta-voz da Força Aérea acrescentou que o voo realizou-se entre Ovar e Aveiro durante o final da manhã desta quinta-feira estando "os requisitos de segurança perfeitamente cumpridos".

Sobre o voo em si, Rui Roque explicou que o avião identifica "embarcações que estão numa faina específica, são pequenas e estão muito perto da costa" - em concreto a menos de 450 metros - recolhe a informação, mas não chega a transmiti-la à Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos por se tratar de um treino, algo que aconteceria se fosse uma missão real.

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • MP investiga ministro Siza Vieira, António Costa rejeita incompatibilidades
    2:12

    País

    O Ministério Público decidiu investigar o ministro Adjunto, Pedro Siza Vieira, por alegadas incompatibilidades. O governante criou uma empresa imobiliária um dia antes de tomar posse e manteve-se como gerente durante dois meses. A lei prevê a demissão, mas o primeiro-ministro já disse que se tratou apenas de um erro e o próprio ministro alega desconhecimento da lei.

  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.