sicnot

Perfil

País

Autoridades alertam para níveis de ozono em Lisboa e Vale do Tejo

A concentração de ozono no ar deverá ultrapassar os níveis definidos como passíveis de afetar a saúde na região de Lisboa e Vale do Tejo no fim de semana, alertou esta sexta-feira a autoridade regional.

Segundo uma nota da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) de Lisboa e Vale do Tejo, nos dias 13 e 14 de agosto prevê-se "a ocorrência de níveis elevados de ozono na região", que podem "ultrapassar o valor de concentração de ozono de 180 µg/m3 (microgramas por metro cúbico), definido como limiar de informação ao público para este poluente".

A CCDR esclareceu que, para estes valores, "o ozono pode provocar alguns efeitos na saúde humana, especialmente em grupos da população mais sensíveis, tais como crianças, idosos, asmáticos" e pessoas "com outras doenças respiratórias ou cardíacas".

"A exposição a este poluente afeta, essencialmente, as mucosas oculares e respiratórias, podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos", avisou a Divisão de Avaliação e Monitorização Ambiental da CCDR.

No comunicado, salienta-se ainda que os níveis mais elevados de concentração de ozono estão previstos "para o período da tarde, durante o qual é recomendável que os grupos mais sensíveis da população reduzam ao mínimo a atividade física intensa ao ar livre e evitem a permanência no exterior".

Os valores de ozono foram hoje ultrapassados nas regiões de Aveiro e Ílhavo, enquanto na quarta-feira se registaram concentrações elevadas deste poluente nas estações dos concelhos de Montemor-o-Velho e de Leiria.

Lusa

  • Buscas e apreensões na esquadra da PSP na Brandoa

    País

    O Ministério Público de Sintra esteve a fazer buscas e apreensões, esta manhã, na esquadra da PSP da Brandoa, no concelho da Amadora. De acordo com a Procuradoria-Gera Distrital de Lisboa, em causa estão crimes de corrupção passiva e ativa e abuso de poder.

  • Portugueses divididos na recondução da procuradora-geral da República
    1:31
  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Teste ao sangue deteta oito tipos de cancro

    Mundo

    Um novo teste sanguíneo experimental permitiu detetar precocemente os oito cancros mais frequentes em 70 por cento dos casos, de acordo com um estudo publicado na revista Nature feito por investigadores nos Estados Unidos.