sicnot

Perfil

País

Dominados incêndios em Anadia e Arouca

ESTELA SILVA

Os incêndios em Anadia e Arouca, dois dos maiores que lavram no distrito de Aveiro, estão dominados, segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) na Internet.

O fogo que começou às 14:35 de segunda-feira nas freguesias de Janarde e Covelo de Paivó, em Arouca, destruiu uma casa, três viaturas e uma parte dos passadiços do Paiva, uma estrutura que atrai milhares de visitantes e que já tinha sido atingida pelas chamas há cerca de um ano.

No local, segundo a página da ANPC na Internet, atualizada às 20:30, permanecem 391 operacionais, apoiados por 132 viaturas e cinco meios aéreos.

Foi também dominado, segundo a página na internet da ANPC, o fogo que lavrava há quase dois dias no concelho de Anadia.

Este incêndio que começou às 02:27 de quarta-feira, na freguesia de Vila Nova de Monssaros, entrou no concelho vizinho da Mealhada e chegou a ameaçar a Mata do Buçaco.

Apesar de o incêndio estar dominado, permanecem no local quase 300 operacionais, apoiados por 92 viaturas e quatro meios aéreos.

Além de Anadia e Arouca, o distrito de Aveiro tem mais dois incêndios que fazem parte da lista de "ocorrências importantes" destacadas pela ANPC (com mais de três horas e mais de 15 meios de socorro).

O incêndio no concelho de Águeda, no distrito de Aveiro, que está a lavrar há quatro dias, é o que mobiliza mais meios - 393 operacionais, 120 viaturas e cinco meios aéreos.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, disse que as chamas já passaram para o concelho vizinho de Sever do Vouga e vincou que a situação está "muito complicada".

"O fogo saiu do concelho e já entrou em Sever do Vouga, nas zonas de Talhadas e Doninhas. Os homens que estavam aqui em Águeda já foram para Doninhas proteger a população. Temos muitos quilómetros de frente", disse o autarca.

Ainda no distrito de Aveiro, em Albergaria-a-Velha, 136 homens e 44 meios terrestres combatiam um outro fogo rural que se reativou na localidade de Foz.

Já hoje, o Ministério da Administração Interna informou que o Governo alugou um avião pesado Canadair durante três dias - sexta-feira, sábado e domingo - para ajudar no combate aos incêndios que lavram no distrito de Aveiro.

A caminho do distrito de Aveiro estão ainda 11 pelotões do exército, com 232 homens, para fazer vigilância e ações de consolidação e rescaldo.

Lusa

  • Chamas perto da povoação de Vale da Mó
    2:24

    País

    O incêndio em Anadia parecia estar controlado de manhã. Contudo, mais de 300 bombeiros e dois aviões continuam a combater as chamas em Anadia, num esforço sobre-humano. As chamas estão perto da povoação de Vale da Mó. A população tenta ajudar os bombeiros, que não conseguiram impedir a destruição de algumas casas na zona.

  • Mata do Buçaco chegou a estar em risco mas fogo passou ao lado
    4:25

    País

    A Mealhada vive hoje um dia mais tranquilo, mas nos últimos dias arderam no concelho mais de mais de 3 mil hectares de floresta. Há muitos anos que não se via um incêndio assim. A mata do Buçaco chegou a estar em risco. As chamas não chegaram lá, mas andaram à volta também com os fogos de Anadia e Mortágua.

  • Vento forte propaga o fogo em Anadia
    2:05

    País

    Há seis dias que os incêndios ameaçam populações e destroem floresta no distrito de Aveiro. Os concelhos de Anadia, Águeda e Arouca são os mais atingidos. Nas últimas horas, os bombeiros conseguiram evitar que o fogo atingisse a aldeia de Vale da Mó, em Anadia.

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.