sicnot

Perfil

País

Espetáculos de fogo-de-artíficio cancelados em fim de semana de peso para o setor

O fim de semana prolongado de agosto representa "cerca de 25% da atividade" pirotécnica das festas de verão, segundo o presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Pirotecnia e Explosivos (APIPE), mas algumas entidades públicas cancelaram espetáculos de fogo-de-artifício.

"Cerca de 25% da atividade pirotécnica de verão é este fim de semana, em que há festas em quase todo o país", afirmou o presidente da APIPE, Carlos Macedo, acrescentando que ainda só tem conhecimento oficial de cancelamentos de licenças na Região Autónoma da Madeira, devido aos incêndios.

Carlos Macedo revelou que "nunca houve cancelamentos a não ser em situações de crise", reforçando que "a pirotecnia não é incendiária nem nunca o foi".

"Compreendemos que em situações de crise, em locais específicos, haja esse cuidado de adiar o espetáculo pirotécnico para melhor ocasião. O que não podemos aceitar e compreender é que isto se faça de uma forma cega a todo o território nacional", declarou o responsável da APIPE, acrescentando que é "uma situação de exagero" o cancelamento de fogos-de-artifício em zonas à beira-mar.

Para além da Madeira, as autarquias de Gondomar (Porto), Paredes de Coura (Viana do Castelo) e Castro Marim (Faro) anunciaram, ao longo desta semana, que iriam cancelar espetáculos de pirotecnia.

Na sequência dos incêndios, a Câmara de Gondomar, afetada por fogos, cancelou todas as licenças para fogo-de-artifício.

Já o concelho de Paredes de Coura (distrito Viana do Castelo) não vai realizar este ano a habitual sessão de fogo-de-artifício nas festas do concelho (que decorrem de 01 a 14 de agosto) e vai dar o montante que gastaria no espetáculo pirotécnico à associação humanitária dos bombeiros locais.

A Câmara de Castro Marim decidiu cancelar os programas de fogo-de-artifício de duas festas do concelho -- uma delas a decorrer entre hoje e segunda-feira e outra no final do mês - e canalizar as verbas para a ajuda à população da Madeira.

Para o presidente da associação APIPE, estes últimos três casos são "situações específicas e localizadas" que ainda desconhece.

"Mas aceitamos perfeitamente, porque não são os pirotécnicos que querem deixar de contribuir para a preservação do ambiente. Temos que preservar a cultura das festas e romarias, mas também temos que preservar o ambiente e a floresta", frisou.

Sobre a segurança dos espetáculos de pirotecnia, o presidente da associação APIPE reafirmou que "nunca houve incêndios florestais com fogo-de-artifício lançado legalmente", lembrando que a partir de 2005, "quer os industriais, quer a legislação, mudaram substancialmente a forma de atuar", proibindo a utilização de foguetes.

Os espetáculos de fogo-de-artifício são sempre sujeitos a uma vistoria prévia do local em que será realizado. Já durante a realização dos espetáculos têm de estar presentes uma cooperação de bombeiros e uma autoridade policial para prevenção.

A distância de segurança da realização de espetáculos de pirotecnia é determinada em relação a pessoas, florestas e armazéns de materiais perigosos, variando consoante o local e as condições de vento.

De acordo com Carlos Macedo, uma licença para realização de um espetáculo de pirotecnia "custa em média 400 a 500" euros, valor que é assegurado pela organização das festas.

Atualmente, existem cerca de 50 empresas de pirotecnia e explosivos em todo o território nacional. Destas, 32 são associadas da APIPE.

Anualmente as empresas da área geram "cerca de 20 milhões" de euros com a realização de espetáculos, informou o responsável.

Lusa

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC