sicnot

Perfil

País

GNR reforça vigilância nas florestas

A GNR vai reforçar a vigilância e ações de patrulhamento nas florestas durante os próximos dias. A situação acontece pela previsão de tempo quente e elevado risco de incêndio mas também pelas tradicionais festas de verão.

Os militares vão ter em atenção o uso de foguetes e fogos de artifício.

Em zonas florestais e terrenos agrícolas, a fiscalização passará pela verificação da limpeza de terrenos e pela garantia de que não há queimadas, proibidas nesta época do ano.

  • "Fundo Florestal Permanente não pode servir para financiar a GNR"
    9:41

    País

    O arquiteto paisagista Henrique Pereira dos Santos foi o convidado da Edição da Noite da Sic Notícias, onde falou sobre os incêndios que estão a afetar o país. O arquiteto disse que é "fácil resolver um fogo à nascença" e defendeu que o que não é possível é resolver o problema dos fogos no país com "essa doutrina". Henrique dos Santos lembrou a falta de prevenção das pessoas. Falou ainda no Fundo Florestal Permanente e em como está a ser erradamente aplicado.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.