sicnot

Perfil

País

"Militares deviam estar já envolvidos no rescaldo"

"Militares deviam estar já envolvidos no rescaldo"

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais critica a aparente falta de estratégia no combate aos fogos e chama a atenção para o cansaço. Alguns homens estão há "dezenas de horas" numa verdadeira guerra contra as chamas.

Em entrevista à SIC Notícias, Fernando Curto disse que os "militares deviam estar já envolvidos no rescaldo" dos incêndios, poupando o trabalho dos bombeiros para a linha da frente.

Numa situação normal, um bombeiro não deveria estar mais de cinco horas em ação, mas neste momento há quem esteja "algumas dezenas de horas" sem descansar, segundo o presidente da associação.

Fernando Curto afirmou que já vários bombeiros aposentados se ofereceram para participar no combate aos incêndios.

Quanto ao pedido de ajuda que Portugal fez, Fernando Curto considera que "a Europa podia e devia ter respondido melhor".

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42