sicnot

Perfil

País

Portugueses nos EUA ajudam vítimas de fogos da Madeira

© Duarte Sa / Reuters

Um grupo de imigrantes portugueses nos Estados Unidos da América (EUA) juntou-se para ajudar as vítimas dos fogos da Madeira através da delegação do arquipélago da Cruz Vermelha.

"Algo tão simples para nós significa o mundo para quem perdeu tudo. Além do mais, os estrangeiros têm ordenados mais altos. Nós facilmente conseguimos dar 40 euros por um micro-ondas. É mais complicado pedir isso a um português que tira 500 euros ao final do mês", explicou à Lusa Joana Godinho, a responsável pela angariação de fundos.

Joana decidiu começar a angariação de fundos no início da semana, contatando amigos e instituições da comunidade portuguesa nos EUA, mas percebeu que as taxas de transferências internacionais eram um impedimento à ajuda.

"Para os estrangeiros há sempre um valor de transação que pode ir até 30 euros em cima do valor transferido. Eles também estão a aceitar bens para reequipar as casas dos desalojados e achei que ficaria mais fácil comprar qualquer bem desses pelo Continente online e enviar para a Cruz vermelha", explicou a produtora de televisão.

A Cruz Vermelha aceitou a proposta e explicou que frigoríficos, fogões, micro-ondas, ferros de engomar, conjuntos de louça, roupas de cama e atoalhados eram os bens mais necessários.

Na quinta-feira, Joana Godinho criou uma página de Facebook, com o título "Vamos Ajudar a Madeira", e já várias compras foram feitas para ser entregues na Cruz Vermelha da Madeira.

"Nos EUA, aprendi o valor de dar de volta à nossa comunidade. Ajudar quem mais precisa, por pouco que seja, é uma lição que deveríamos partilhar com o mundo. Unidos somos mais fortes", disse Joana Godinho.

Esta sexta-feira, na cidade do Funchal, mantêm-se as equipas de bombeiros em prevenção apenas para evitar reacendimentos, segundo fonte dos bombeiros locais.

No concelho da Calheta há ainda um foco ativo.

Os incêndios registados no concelho do Funchal provocaram três mortos e a destruição em edifícios públicos e privados avaliados em 55 milhões de euros.

As chamas obrigaram à evacuação de casas, hospitais, lares, hotéis e outros espaços.

As autoridades ainda estão a contabilizar danos e a definir formas de resolver os casos dos desalojados.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.