sicnot

Perfil

País

Detidos 4 suspeitos de atearem fogos em Mangualde, Guarda, Mealhada e Pinhel

OCTAVIO PASSOS/ LUSA

A Polícia Judiciária deteve quatro homens, suspeitos de terem ateado fogos nos últimos dias. O mais novo tem 26 anos e o mais velho 54 anos, um deles já tinha sido condenado pelo crime de incêndio. Os quatro serão responsáveis pelos fogos em Mangualde, Guarda, Mealhada e Pinhel, já foram presentes a tribunal e ficaram em prisão preventiva.

Em Mangualde, o fogo que o homem de 26 anos ateou destruiu uma área considerável de floresta povoada por sobreiros e pinheiros mansos. Este incêndio acabou por queimar uma casa devoluta.

Outro dos detidos foi o autor dos incêndios na Guarda, um desses fogos começou numa zona de pinhal anexa ao hospital da cidade.

Um dos suspeitos e o presumível autor do incêndio de grandes proporções que destruiu vários hectares de mato e pinhal no concelho de Pinhel. Neste caso, o homem confessou ter assistido ao desenrolar do incêndio e terá também acompanhado o combate às chamas. Neste caso, trata-se de um indivíduo reincidente que já tinha sido condenado pelo crime de incêndio.

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.