sicnot

Perfil

País

Mais de 20 regiões com risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta

Vinte e seis regiões do país apresentam hoje risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Apenas o Porto apresenta um índice elevado de exposição à radiação UV. Viana do Castelo está com risco moderado para o dia de hoje.

As regiões do Funchal, Porto Santo, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Penhas Douradas, Vila Real, Funchal, Aveiro, Beja, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Sines, Viseu, Porto Santo, Angra do Heroísmo, Santa Cruz das Flores, Horta e Ponta Delgada estão hoje com risco 'Muito Elevado', segundo o Instituto.

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o Instituto recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Elevado'), 8 a 10 ('Muito Elevado') e superior a 11 ('Extremo').

O IPMA prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste até ao meio da manhã, persistindo até ao início da tarde a norte do Cabo Carvoeiro.

Nas regiões do interior Norte e Centro, o IPMA prevê um aumento temporário de nebulosidade durante a tarde.

O vento soprará em geral fraco do quadrante oeste, soprando moderado de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas, em especial durante a tarde.

É ainda esperada uma pequena descida de temperatura, em especial nas regiões Norte e Centro.

Na Madeira está previsto céu muito nublado, apresentando-se geralmente pouco nublado nas vertentes sul da ilha da Madeira, e o vento a soprar fraco a moderado predominando de nordeste.

Já nos Açores a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com abertas, tornando-se encoberto, aguaceiros fracos na madrugada e períodos de chuva fraca para a noite.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 16 e 27 graus Celsius, no Porto entre 14 e 20, em Braga entre 13 e 26, em Viana do Castelo entre 13 e 20, em Vila Real entre 14 e 28, em Viseu entre 13 e 27, na Guarda entre 17 e 27, em Bragança entre 15 e 32, em Coimbra entre 13 e 25, Castelo Branco entre 15 e 32, em Santarém entre 14 e 29, em Évora entre 14 e 33, Beja entre 15 e 33, em Faro entre 21 e 31, no Funchal entre 20 e 26, em Ponta Delgada na Horta entre 22 e 26 e em Santa Cruz das Flores entre 20 e 26.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:32

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maiornebulosidade no litoral oeste até ao meio da manhã, persistindo até ao início da tarde a norte do Cabo Carvoeiro. Nas regiões do interior Norte e Centro, aumento temporário de nebulosidade durante a tarde. Está também prevista pequena descida de temperatura, em especial nas regiões Norte e Centro.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.