sicnot

Perfil

País

PJ deteve suspeita de atear incêndio em Oliveira do Bairro

A Polícia Judiciária de Aveiro anunciou esta quarta-feira a detenção de uma mulher, de 52 anos, suspeita de ter ateado um incêndio florestal em Oliveira do Bairro na passada sexta-feira.

"Depois de assistir ao combate aos incêndios que ultimamente deflagraram, com frequência, nas proximidades da sua residência, a suspeita colocou três focos de incêndio", refere um comunicado da PJ.

A Judiciária realça que estes incêndios só não provocaram avultados danos porque foram prontamente combatidos por populares e pelos bombeiros que se encontravam na zona a fazer um rescaldo.

Segundo os investigadores, as ignições ocorreram através de chama direta, com recurso a uma caixa de fósforos, tendo a presumível autora dos crimes confessado os factos e indicado a forma como procedeu.

A detida, sem antecedentes criminais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

No corrente ano a PJ já deteve 37 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.