sicnot

Perfil

País

Greve de enfermeiros na Guarda

(arquivo)

© Eric Gaillard / Reuters

Na Guarda os enfermeiros cumprem 3 dias de greve e esta manhã concentraram-se junto à sede da unidade local de saúde em defesa das 35 horas semanais. O protesto serviu também para chamar a atenção para a falta de enfermeiros na instituição mas a adesão ficou aquém das expectativas.

O sindicato justifica a fraca participação com o facto de muitos dos enfermeiros estarem de férias e outros a prestar os serviços mínimos exigidos por lei.

Na acção de protesto são exigidas as 35 horas semanais para todos os enfermeiros independentemente do vinculo contratual.

Diz o sindicato que na unidade local de saúde da Guarda os profissionais chegam a ter uma carga horária acrescida de 50 a mais 100 horas semanais sem qualquer compensação financeira extra, muito por causa da grave carência de enfermeiros na instituição.

A situação põe a causa a qualidade dos cuidados de enfermagem denuncia o sindicato que aponta a cardiologia, pneumologia e especialidades cirúrgicas como alguns dos serviços mais afectados.

Para colmatar as falhas seria necessária a contratação de mais 138 enfermeiros na ULS da Guarda.

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto em 2017
    2:10

    País

    O Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto no próximo ano e depois da separação dos hospitais de Faro, Portimão e Lagos. Faro deverá passar a hospital universitário. A proposta da Administração Regional de Saúde deverá ser confirmada dentro de dias pelo ministro da Saúde.

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.