sicnot

Perfil

País

Detido suspeito de atear incêndio florestal em Resende

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção, em colaboração com a GNR, de um homem de 29 anos, suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Resende, distrito de Viseu.

"A detenção foi o culminar de intensas diligências desenvolvidas por esta polícia para lograr identificar o autor, na sequência de diversos incêndios florestais que têm ocorrido nesse concelho", refere, em comunicado, a PJ através da Diretoria do Norte.

"O fogo terá sido ateado com um isqueiro, num aparente quadro de incendiarismo e alcoolismo, tendo consumido vários hectares de mato e arvoredo e colocado em risco diversas habitações existentes nas proximidades", acrescenta a PJ.

O detido vai agora ser presente a tribunal para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A PJ conclui que, este ano, já identificou e deteve 40 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras