sicnot

Perfil

País

Sismo de 4.1 no Canhão da Nazaré

© Rafael Marchante / Reuters

Um sismo de magnitude 4.1 na escala de Richter ocorreu hoje ao largo de Peniche às 11:44, no Canhão da Nazaré, segundo o IPMA.

IPMA

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) registou hoje um sismo de magnitude 4,1 às 12:44, com epicentro no mar, a cerca de 80 quilómetros a oeste de Peniche, mas que "não causou danos pessoais ou materiais".

Em comunicado, o IPMA explica que o abalo "foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de Mafra e em Lisboa".

Testemunhas ouvidas pela Lusa deram conta de que sentiram o abalo em diferentes locais dos distritos de Lisboa e Leiria.

De acordo com o instituto, o epicentro localizou-se no Canhão da Nazaré.

Em declarações à Lusa, o especialista Jorge Cruz, do IPMA, explicou que "é normal acontecerem estes fenómenos de vez em quando", que decorrem "do movimento da crosta [terrestre]".

Salientando que este "foi um evento só sentido pela população, que não causou danos", o especialista admitiu a ocorrência de réplicas, que serão, contudo, "de intensidade menor".

A escala de Richter, que mede a magnitude dos sismos, vai até ao valor 10.

Um abalo de 4,1 é considerado ligeiro, de acordo com esta escala.

O Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria informou, pouco depois das 13:00, não ter recebido qualquer comunicação.

O abalo de intensidade 4.1 na escala de Richter também foi sentido em várias zonas do país, incluindo em Lisboa.

  • Marcelo Rebelo de Sousa avisou que depois das autárquicas viria um novo ciclo. A lógica levou-nos a assumir que estava a falar do PSD, mas hoje, olhando para a situação política, devemos também incluir nessa previsão a “geringonça” e os seus equilíbrios. Não acredito que as coisas mudem até às legislativas, mas as contas só se fazem depois dos votos das autárquicas. Até lá, o tom de voz das esquerdas vai engrossar.

    Bernardo Ferrão

  • Detido 5º suspeito do atentado de Barcelona

    Mundo

    As autoridades espanholas detiveram hoje na região de Valência um cidadão marroquino de 24 anos, residente em Espanha, por alegada colaboração com o grupo islâmico responsável "pelos atentados terroristas" em Barcelona, em agosto.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Complexo Agroindustrial do Cachão abandonado e exposto à poluição
    2:03
  • Presidente das Filipinas pede que matem o filho se estiver envolvido nas drogas

    Mundo

    O Presidente das Filipinas pediu que matassem o seu filho se as acusações de que traficava droga fossem provadas. Rodrigo Duterte destacou ainda que, caso fosse verdade, iria proteger as autoridades que executassem Paolo Duterte. Em causa está a acusação de que o filho do Presidente filipino faria parte da máfia chinesa, que contrabandeia drogas, vindas da China para dentro do país.

    SIC

  • Espanhola tenta provar há sete anos que está viva

    Mundo

    Uma mulher de 53 anos está há sete anos a tentar provar que está viva. Segundo o Estado espanhol, Juana Escudero Lezcano morreu a 13 de maio de 2010, mas na realidade quem morreu foi uma mulher com o mesmo nome e data de nascimento.

    SIC