sicnot

Perfil

País

Antigos dirigentes do IEFP processam o Estado

Pelo menos dez antigos dirigentes do Instituto do Emprego e Formação Profissional moveram processos contra o Estado. Exigem que seja anulada a exoneração levada a cabo pelo atual Executivo e que lhes sejam devolvidos os lugares.

De acordo com o jornal Público, os queixosos consideram que, caso o Tribunal não aceda ao pedido, devem ser indemnizados por danos morais.

Existem ações interpostas em Lisboa, Porto, Coimbra ou Leiria. A acusação considera que os despedimentos coletivos são ilícitos e que os visados nunca foram confrontados com a necessidade de uma nova orientação para a gestão dos serviços.

No total, foram substituídos perto de 120 dirigentes do IEFP, nomeados pelo Governo de Pedro Passos Coelho.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16