sicnot

Perfil

País

Suspeito de ter ateado mais de 30 fogos em prisão preventiva

MIGUEL PEREIRA DA SILVA

Foi detido e ficou em prisão preventiva o suspeito de ter ateado mais de 30 incêndios, desde 2013, no distrito da Guarda.

Este ano, o homem, de 55 anos, terá ateado cinco incêndios, no concelho de Trancoso, Guarda.

De acordo com a Policia Judiciária, o suspeito está fortemente indiciado pela prática de várias dezenas de fogos florestais.

O detido não tem quaisquer antecedentes policiais conhecidos.

Em Sintra, foi detido outro homem, suspeito de ser o autor do incêndio ocorrido durante a tarde de ontem, numa zona de mato existente na freguesia de Rio de Mouro.

  • Racionamento da água é medida de último recurso
    2:35
  • "Estamos Vivos": o processo de reabilitação depois dos incêndios
    1:22