sicnot

Perfil

País

GNR na estrada a acompanhar o regresso a casa

A Guarda Nacional Republicana vai realizar, de hoje a domingo, a quinta fase da operação Hermes -- Viajar em Segurança, durante a qual intensifica as ações de patrulhamento e apoio a veraneantes, informou a força de segurança.

A operação destina-se a garantir a segurança dos veraneantes nos itinerários que estes utilizam de e para os locais de férias, refere um comunicado da força militar, no qual aconselha os automobilistas a consultarem toda a informação sobre o estado das vias antes de iniciarem viagem.

Os automobilistas dispõem de informação na linha SOS Trânsito, com o número telefónico 808 201 855, e na página oficial da GNR no Facebook, com o endereço www.facebook.com/GuardaNacionalRepublicana, acrescenta a nota de imprensa da GNR.

No balanço da primeira fase da operação Hermes, que decorreu no primeiro fim de semana de julho, registaram-se sete mortos, mais quatro do que no mesmo período de 2015, 25 feridos em estado grave (menos um) e 170 pessoas com ferimentos ligeiros (menos 51), em 530 acidentes (menos 21 do que no mesmo fim de semana de 2015), segundo os números da GNR então divulgados.

Na segunda fase, de 15 a 17 de julho, a GNR contabilizou 620 acidentes, dois mortos e 18 feridos graves. Em relação à mesma fase da operação, em 2015, houve mais 30 acidentes, menos seis mortos e o mesmo número de feridos.

Na terceira fase da operação, no primeiro fim de semana deste mês, a GNR registou um total de quatro mortos, o mesmo número do que foi verificado no mesmo período do ano passado, 631 acidentes (menos 60), de que resultaram 13 feridos graves (menos seis) e 251 feridos ligeiros (mais três).

Na quarta fase, que decorreu de 12 a 15 de agosto, a GNR registou três mortos, menos três que no mesmo período do ano passado, em 926 acidentes, mais 30 do que no ano passado, com 26 feridos graves, mais nove do que no mesmo período de 2015.

A quinta e última fase da operação Hermes -- Viajar em Segurança 2016 encerra no próximo domingo.

  • GNR intensifica patrulhamento nas estradas portuguesas este fim-de-semana

    País

    A GNR vai intensificar a partir de amanhã o patrulhamento das estradas portuguesas. A quinta-fase da operação Hermes prolonga-se até domingo e pretende acompanhar o início ou o final de férias em mais um fim de semana de agosto. A operação pretende também ajudar os automobilistas a definirem itinerários, tendo em conta os constrangimentos provocados pelos incêndios, na circulação nas estradas.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano