sicnot

Perfil

País

Presidente na Madeira para se inteirar da reconstrução após os incêndios

​O Presidente da República inicia hoje uma deslocação de três dias à Região Autónoma da Madeira, com uma reunião com os responsáveis pela execução do plano de emergência elaborado para fazer face aos danos provocados pelos incêndios.

Na terceira deslocação à Madeira em cinco meses e meio de mandato, Marcelo Rebelo de Sousa chega ao final da tarde ao Funchal para uma reunião no Regimento de Guarnição n.º3 - onde estiveram 600 pessoas acolhidas provisoriamente durante os incêndios que deflagraram a 08 de agosto - com todos os envolvidos na execução do plano de emergência, informa uma nota da Presidência da República.

Os incêndios deflagraram na freguesia de São Roque, no Funchal (ilha da Madeira), e alastraram-se a outras localidades do concelho, provocaram três mortos, cerca de mil desalojados temporários, cerca de duas centenas de casas danificadas e avultados danos materiais.

O chefe de Estado visitará ainda hoje zonas de reconstrução e de realojamento no Funchal, onde os incêndios queimaram cerca de 22% da área do concelho, estimando a autarquia que os prejuízos tenham sido na ordem dos 61 milhões de euros.

A visita do Presidente da República à Madeira prossegue até dia 30 de agosto e inclui visitas a áreas afetadas pelos fogos na vila da Calheta e deslocações às ilhas Desertas e às ilhas Selvagens.

Além de Marcelo Rebelo de Sousa, os ex-chefes de Estado Mário Soares (1991), Jorge Sampaio (2003) e Cavaco Silva (2013) também fizeram visitas às ilhas que distam 163 milhas náuticas (262,3 quilómetros) do arquipélago da Madeira e 82 milhas náuticas (131,9 quilómetros) das ilhas Canárias (Espanha).

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.