sicnot

Perfil

País

Presidente na Madeira para se inteirar da reconstrução após os incêndios

​O Presidente da República inicia hoje uma deslocação de três dias à Região Autónoma da Madeira, com uma reunião com os responsáveis pela execução do plano de emergência elaborado para fazer face aos danos provocados pelos incêndios.

Na terceira deslocação à Madeira em cinco meses e meio de mandato, Marcelo Rebelo de Sousa chega ao final da tarde ao Funchal para uma reunião no Regimento de Guarnição n.º3 - onde estiveram 600 pessoas acolhidas provisoriamente durante os incêndios que deflagraram a 08 de agosto - com todos os envolvidos na execução do plano de emergência, informa uma nota da Presidência da República.

Os incêndios deflagraram na freguesia de São Roque, no Funchal (ilha da Madeira), e alastraram-se a outras localidades do concelho, provocaram três mortos, cerca de mil desalojados temporários, cerca de duas centenas de casas danificadas e avultados danos materiais.

O chefe de Estado visitará ainda hoje zonas de reconstrução e de realojamento no Funchal, onde os incêndios queimaram cerca de 22% da área do concelho, estimando a autarquia que os prejuízos tenham sido na ordem dos 61 milhões de euros.

A visita do Presidente da República à Madeira prossegue até dia 30 de agosto e inclui visitas a áreas afetadas pelos fogos na vila da Calheta e deslocações às ilhas Desertas e às ilhas Selvagens.

Além de Marcelo Rebelo de Sousa, os ex-chefes de Estado Mário Soares (1991), Jorge Sampaio (2003) e Cavaco Silva (2013) também fizeram visitas às ilhas que distam 163 milhas náuticas (262,3 quilómetros) do arquipélago da Madeira e 82 milhas náuticas (131,9 quilómetros) das ilhas Canárias (Espanha).

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.