sicnot

Perfil

País

Autópsias das três mulheres encontradas em Tires realizam-se terça-feira

As autópsias das três mulheres encontradas mortas na sexta-feira em Tires, Cascais, realizam-se na terça-feira, disse à agência Lusa o assessor do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF).

A ordem do Ministério Público para a realização das autópsias chegou esta segunda-feira de manhã à delegação do Sul do Instituto, em Lisboa, e dada a complexidade das mesmas, que envolverão a utilização de recursos radiológicos, só se realizarão na terça-feira, acrescentou Mário Martins.

Os corpos das três mulheres, alegadamente de três brasileiras desaparecidas desde fevereiro, foram encontrados na sexta-feira à tarde num poço de um hotel para animais em Tires, Cascais e chegaram à delegação de Lisboa do INMLCF depois das 18:00 de sexta-feira.

Durante a manhã desta segunda-feira os peritos do Instituto estiveram a avaliar o estado dos cadáveres para determinar quais os peritos e que tipo de exames era necessário fazer para os identificar, indicou.

Na altura da descoberta dos corpos, o comandante dos Bombeiros da Parede, Pedro Araújo, disse à Lusa tratar-se dos corpos de três jovens brasileiras - as irmãs Michelle e Lidiana Santana, de 28 e 16 anos, respetivamente, e uma amiga destas, Thayane Mendes, de 21 - desaparecidas desde fevereiro.

Dinai Alves Gomes, um jovem brasileiro com quem Michelle mantinha uma relação conjugal, e que chegou a trabalhar no hotel de animais onde os corpos das jovens foram encontrados, é o principal suspeito da morte das três jovens.

Em abril último, as equipas de investigação estiveram na zona do hotel para animais Monte dos Vendavais a procurar as jovens, uma vez que o principal suspeito do crime, o namorado da rapariga grávida, trabalhava na zona.

Dinai Gomes fugiu, entretanto, para o Brasil onde, segundo a imprensa, estará sob vigilância da Polícia Federal em Novo Cruzeiro, no estado de Minas Gerais.

Lusa

  • Perícias médico-legais às brasileiras marcadas para segunda-feira
    6:45

    País

    As autoridades vão na próxima segunda-feira fazer as perícias médico-legais aos três corpos encontrados numa fossa em Tires. Dinai Gomes, o principal suspeito de ter assassinado as mulheres brasileiras, está ao que tudo indica no Brasil. A PJ quer saber quem morreu primeiro e de que forma agiu o suspeito.

  • Homicida das três brasileiras entregou-se às autoridades
    4:08

    País

    Três mulheres brasileiras, desaparecidas desde fevereiro, foram encontradas esta sexta-feira mortas em Tires, Cascais. O suspeito está no Brasil e terá confessado o crime. Uma das mulheres estava grávida. Ivani Flora, correspondente da SIC no Brasil, conta que os "parentes suspeitavam que as brasileiras tinham sido vítimas de tráfico de mulheres" e que o homicida se entregou às autoridades.

  • Três mulheres encontradas mortas numa quinta em Tires

    País

    A Polícia Judiciária encontrou os corpos de três mulheres brasileiras que estavam desaparecidas desde fevereiro. Os inspetores da Unidade Nacional Contra o Terrorismo estão no local, em Tires. Duas das mulheres são irmãs, a terceira era uma amiga. Foram encontradas num tanque junto a um hotel de cães, nesta zona do concelho de Cascais.

  • Ministra emocionou-se no Parlamento
    2:26

    Tragédia em Pedrógão Grande

    A ministra da Administração Interna disse esta quarta-feira no Parlamento que está, desde a primeira hora, a recolher, analisar e cruzar todos os dados do incêndio de Pedrógão Grande. Constança Urbano de Sousa emocionou-se diante dos deputados e admitiu que tem ainda muitas dúvidas sobre o que aconteceu. Foi pedido um estudo independente ao funcionamento do sistema de comunicações de emergência e uma auditoria à Secretaria-Geral da Administração Interna, a entidade gestora do SIRESP. A ministra explicou porquê.

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contido" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.