sicnot

Perfil

País

Cães que salvam vidas

Cães que salvam vidas

Em situações de catástrofe como um sismo, os cães são uma ajuda preciosa na busca de pessoas. Em Portugal, existem equipas treinadas para as operações de busca e salvamento.

  • GNR tem 18 cães de busca e salvamento no continente, Açores e Madeira
    2:13

    País

    Nem todos os cães treinados pelas equipas cinotécnicas servem para a busca e salvamento. Até na mesma ninhada podem existir profundas diferenças. São ensinados desde cachorros, a sentir o odor que emana um ser humano em aflição. A GNR tem 18 cães de busca e salvamento no continente, Açores e Madeira.

  • Cão não abandona caixão do dono que foi vítima do sismo em Itália

    Sismo em Itália

    Um cão permaneceu junto ao caixão do dono, que morreu na sequência do sismo que atingiu o centro de Itália. Este sábado, a Itália despediu-se de 35 das vítimas do sismo que abalou o país. Junto a um dos caixões estava um cão ao pé do dono. Ninguém sabe o nome dele, mas a imagem do animal, devoto ao dono mesmo após a morte, está a comover os internautas. O homem, cuja identidade é também desconhecida, foi colocado num caixão, junto a outros, num ginásio feito casa mortuária.

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.