sicnot

Perfil

País

Jovem agredido em Gondomar está vivo

O jovem de 14 anos violentamente agredido na via pública em Baguim do Monte, concelho de Gondomar está vivo em estado considerado muito grave, de acordo com a Polícia Judiciária.

O adolescente agredido sábado à noite em Baguim do Monte, Gondomar, que foi dado como morto pelas autoridades policiais, encontra-se, afinal, em "estado muito grave" no Hospital de São João, do Porto, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com um comunicado da PJ hoje divulgado, o alegado agressor terá atingido "violentamente a vítima na cabeça, tendo aquela caído inanimada no solo, sendo de imediato transportada para o hospital, onde ainda se encontra em estado muito grave".

Domingo de manhã, o oficial de dia do Comando Metropolitano da PSP do Porto disse à Lusa que o jovem tinha sido transportado com vida para o Hospital de São João, e foi dado como morto algumas horas mais tarde.

Contactado esta manhã pela Lusa, fonte oficial do Hospital de São João não quis dar qualquer esclarecimento sobre este caso.

No comunicado, a PJ refere ter identificado e detido, "fora de flagrante delito, o presumível autor deste "crime de homicídio, na forma tentada", que ocorreu na noite de sábado, em Gondomar, distrito do Porto.

"Os factos ocorreram num contexto de ameaças mútuas, proferidas através do Facebook, motivadas por um conflito relacionado com uma namorada", refere a PJ, acrescentando que "o suspeito cruzou-se com a vítima nas imediações da estação de metro de Baguim do Monte", sendo que depois, "após uma breve troca de palavras, envolveram-se num confronto físico".

A PJ salienta ainda que, nessa sequência, "o suspeito, munido com objeto metálico, terá agredido violentamente a vítima na cabeça".

O detido, de 16 anos, entregou-se cerca das 12:00 de domingo na esquadra da PSP e hoje "irá ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação tidas por adequadas", conclui a PJ.

Em declarações à Lusa, fonte oficial da PSP do Porto admitiu esta manhã que poderá ter havido um erro na transmissão da informação sobre o estado da vítima.

Com Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC