sicnot

Perfil

País

Jovem agredido em Gondomar está vivo

O jovem de 14 anos violentamente agredido na via pública em Baguim do Monte, concelho de Gondomar está vivo em estado considerado muito grave, de acordo com a Polícia Judiciária.

O adolescente agredido sábado à noite em Baguim do Monte, Gondomar, que foi dado como morto pelas autoridades policiais, encontra-se, afinal, em "estado muito grave" no Hospital de São João, do Porto, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com um comunicado da PJ hoje divulgado, o alegado agressor terá atingido "violentamente a vítima na cabeça, tendo aquela caído inanimada no solo, sendo de imediato transportada para o hospital, onde ainda se encontra em estado muito grave".

Domingo de manhã, o oficial de dia do Comando Metropolitano da PSP do Porto disse à Lusa que o jovem tinha sido transportado com vida para o Hospital de São João, e foi dado como morto algumas horas mais tarde.

Contactado esta manhã pela Lusa, fonte oficial do Hospital de São João não quis dar qualquer esclarecimento sobre este caso.

No comunicado, a PJ refere ter identificado e detido, "fora de flagrante delito, o presumível autor deste "crime de homicídio, na forma tentada", que ocorreu na noite de sábado, em Gondomar, distrito do Porto.

"Os factos ocorreram num contexto de ameaças mútuas, proferidas através do Facebook, motivadas por um conflito relacionado com uma namorada", refere a PJ, acrescentando que "o suspeito cruzou-se com a vítima nas imediações da estação de metro de Baguim do Monte", sendo que depois, "após uma breve troca de palavras, envolveram-se num confronto físico".

A PJ salienta ainda que, nessa sequência, "o suspeito, munido com objeto metálico, terá agredido violentamente a vítima na cabeça".

O detido, de 16 anos, entregou-se cerca das 12:00 de domingo na esquadra da PSP e hoje "irá ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação tidas por adequadas", conclui a PJ.

Em declarações à Lusa, fonte oficial da PSP do Porto admitiu esta manhã que poderá ter havido um erro na transmissão da informação sobre o estado da vítima.

Com Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51