sicnot

Perfil

País

Jovem agredido em Gondomar está vivo

O jovem de 14 anos violentamente agredido na via pública em Baguim do Monte, concelho de Gondomar está vivo em estado considerado muito grave, de acordo com a Polícia Judiciária.

O adolescente agredido sábado à noite em Baguim do Monte, Gondomar, que foi dado como morto pelas autoridades policiais, encontra-se, afinal, em "estado muito grave" no Hospital de São João, do Porto, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com um comunicado da PJ hoje divulgado, o alegado agressor terá atingido "violentamente a vítima na cabeça, tendo aquela caído inanimada no solo, sendo de imediato transportada para o hospital, onde ainda se encontra em estado muito grave".

Domingo de manhã, o oficial de dia do Comando Metropolitano da PSP do Porto disse à Lusa que o jovem tinha sido transportado com vida para o Hospital de São João, e foi dado como morto algumas horas mais tarde.

Contactado esta manhã pela Lusa, fonte oficial do Hospital de São João não quis dar qualquer esclarecimento sobre este caso.

No comunicado, a PJ refere ter identificado e detido, "fora de flagrante delito, o presumível autor deste "crime de homicídio, na forma tentada", que ocorreu na noite de sábado, em Gondomar, distrito do Porto.

"Os factos ocorreram num contexto de ameaças mútuas, proferidas através do Facebook, motivadas por um conflito relacionado com uma namorada", refere a PJ, acrescentando que "o suspeito cruzou-se com a vítima nas imediações da estação de metro de Baguim do Monte", sendo que depois, "após uma breve troca de palavras, envolveram-se num confronto físico".

A PJ salienta ainda que, nessa sequência, "o suspeito, munido com objeto metálico, terá agredido violentamente a vítima na cabeça".

O detido, de 16 anos, entregou-se cerca das 12:00 de domingo na esquadra da PSP e hoje "irá ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação tidas por adequadas", conclui a PJ.

Em declarações à Lusa, fonte oficial da PSP do Porto admitiu esta manhã que poderá ter havido um erro na transmissão da informação sobre o estado da vítima.

Com Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.