sicnot

Perfil

País

Mais de 230 bombeiros combatem fogo com três frentes em Mação

​Um incêndio que deflagrou perto das 16h40 em Vale de Amêndia, no concelho de Mação, está a lavrar com intensidade em zona florestal. Às 18h00 estava a ser combatido por mais de 230 bombeiros, informou a Proteção Civil.

Em declarações à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém disse que o incêndio "lavra em três frentes e com intensidade", na União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira, no distrito de Santarém, tendo destacado "o forte vento, o declive e a dificuldade de acessos" como sendo as principais dificuldades que os bombeiros estão a sentir no terreno.

O comandante Nuno Morgado disse que o incêndio está a progredir em área de eucaliptal e floresta e que, às 18h00, estava a ser combatido por 233 operacionais, apoiados por 64 viaturas e sete meios aéreos.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.