sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se temporariamente muito nublado no litoral da região Centro até ao início da manhã, com o vento a soprar em geral fraco do quadrante norte, soprando moderado de nordeste nas terras altas até ao início da manhã e para o final do dia, de sudoeste na costa sul do Algarve durante a tarde e de noroeste no litoral oeste a sul do cabo Carvoeiro, onde será por vezes forte e com rajadas até 55 km/h em especial durante a tarde.

O instituto prevê ainda uma pequena descida da temperatura mínima na região Centro, além de uma pequena subida da temperatura máxima no litoral Norte e pequena descida no litoral oeste a sul do cabo Carvoeiro.

Para os Açores, e nas ilhas do grupo ocidental o IPMA prevê períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto a partir da tarde, bem como períodos de chuva fraca para o fim do dia.

No grupo central é esperado céu com boas abertas, tornando-se encoberto a partir da tarde, e períodos de chuva, que poderão ser pontualmente fortes a partir da tarde. Enquanto no grupo oriental são esperados períodos de céu muito nublado com boas abertas e aguaceiros.

Já na Madeira, o IPMA prevê céu geralmente pouco nublado, apresentando temporariamente períodos de maior nebulosidade nas vertentes norte da ilha da Madeira e na ilha de Porto Santo.

Segundo o IPMA as temperaturas máximas vão hoje atingir os 36 graus Celsius em Faro; os 34 em Évora e Castelo Branco; 30 em Bragança; 31 em Vila Real e Viseu; 28 em Lisboa; 29 no Funchal; 26 em Ponta Delgada e no Porto; 27 em Angra do Heroísmo e Santa Cruz.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Donald Trump já está no Vaticano 
    1:32