sicnot

Perfil

País

Universidade de Verão do PSD começa hoje com Jaime Gama

O ex-presidente da Assembleia da República Jaime Gama e o líder da oposição grega são este ano 'professores' da Universidade de Verão do PSD, que começa hoje e termina domingo em Castelo de Vide.

O arranque da 14ª edição da iniciativa está agendado para o final da tarde, numa sessão que contará com a presença do vice-presidente do PSD Jorge Moreira de Silva.

No primeiro jantar da Universidade estará presente Duarte Freitas, presidente do PSD Açores, arquipélago onde este ano se irão realizar eleições a 16 de outubro.

Ao longo da semana, pela sala de aula de um hotel da vila alentejana de Castelo de Vide passarão professores como a ex-ministra das Finanças e atual vice-presidente do partido Maria Luís Albuquerque, o ex-ministro Miguel Poiares Maduro, a maestrina Joana Carneiro, o comissário europeu Carlos Moedas, o eurodeputado Paulo Rangel, entre outros.

Na quinta-feira, o jantar-conferência terá dois convidados: a ex-deputada e especialista em Direitos Humanos e Relações Internacionais Mónica Ferro e Nour Machlah, refugiado sírio da cidade de Alepo, que chegou a Portugal em 2014, para finalizar os estudos em Arquitetura na Universidade de Évora.

No sábado, o último jantar-conferência será com o presidente da Nova Democracia e líder da oposição grega, Kyriakos Mitsotakis, que lidera neste momento as sondagens.

Tal como acontece todos os anos, o encerramento da Universidade de Verão do PSD realiza-se ao final da manhã de domingo, pelas 12:00, com uma intervenção do líder social-democrata, Pedro Passos Coelho.

À mesma hora, a presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, estará em Peniche a encerrar a "Escola de Quadros" do seu partido.

Ao todo, a Universidade de Verão do PSD tem 100 'alunos' com idades entre os 18 e os 30 anos.

Lusa

  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus