sicnot

Perfil

País

MP confirma buscas e apreensão em centro de vistos de Cabo Verde

O Ministério Público confirmou hoje a realização de uma "diligência de busca e apreensão" no Centro Comum de Vistos de Cabo Verde, onde são investigadas suspeitas da prática de crimes de corrupção passiva e auxílio à emigração ilegal.

A edição de hoje do jornal Público avança que Portugal poderá ser a porta de entrada ilegal para cidadãos que depois seguem para outros países da União Europeia, através de um alegado esquema de emissão fraudulenta de vistos de entrada por parte do Centro Comum de Vistos de Cabo Verde.

À agência Lusa, fonte da Procuradoria-Geral da República confirmou a realização, em julho, de uma diligência de busca e apreensão no Centro Comum de Vistos de Cabo Verde, no âmbito de um processo dirigido pelo Ministério Público e em investigação no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Na diligência, que decorreu com conhecimento das autoridades judiciárias de Cabo Verde, participaram um juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, um magistrado do Ministério Público do DCIAP e três inspetores da Polícia Judiciária.

De acordo com a mesma fonte, foram realizadas ainda buscas domiciliárias na mesma altura, "em cumprimento de uma carta rogatória e ao abrigo da cooperação judiciária internacional".

Segundo a PGR, o inquérito "não tem arguidos constituídos" e encontra-se "em segredo de justiça".

A primeira notícia sobre o assunto foi avançada, segundo o Público, a 02 de agosto pelo semanário cabo-verdiano A Semana e retomada na segunda-feira pelo jornal diário A Nação.

A imprensa cabo-verdiana refere um alegado "esquema de emissão fraudulenta de vistos de entrada em Portugal" que servirá "uma suposta rede de tráfico de pessoas para a União Europeia a partir de Cabo Verde".

Os jornais revelam o "suplício" que os cidadãos cabo-verdianos passam para obter vistos, chegando a aceitar pagar "milhares de escudos" para obter os documentos, ainda que de forma ilegal.

Ao criarem dificuldades ou negarem vistos, os funcionários empurram os cidadãos para as mãos da rede criminosa que terá surgido de uma suposta colaboração entre funcionários da embaixada portuguesa e do Centro Comum de Vistos, segundo conta o Público de hoje.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.