sicnot

Perfil

País

Três detidos e 366 plantas de canábis apreendidas em armazém de Olhão

Três detidos e mais de 300 plantas de canábis apreendidas numa estufa que funcionava num armazém, na zona industrial de Olhão, é o resultado de uma operação realizada na terça-feira pela GNR de Tavira, anunciada esta quarta-feira.

Ao todo, foram apreendidas 366 plantas e mais de 500 doses de droga na estufa e nas habitações de dois dos detidos, em Tavira, esclareceu o comandante do destacamento local da GNR, sublinhando que a estufa em que a droga era produzida, com mais de 100 metros quadrados, possuía um elevado "grau de sofisticação".

Em declarações aos jornalistas, no comando de Faro da GNR, Edgar da Palma adiantou que a estufa possuía filtros industriais para purificar o ar, transportado através de tubagens para o interior do armazém, para dissimular o cheiro das plantas, cujo crescimento era potenciado através de lâmpadas de alta intensidade e refletores.

O grupo tinha ainda medidores de PH (escala que mede o grau de acidez ou alcalinidade de uma substância) para verificar a alimentação das plantas, termómetros e até tinha adaptado duas máquinas de lavar roupa para triturar a droga, acrescentou aquele responsável.

Os detidos - dois portugueses e um estrangeiro, com 31, 35 e 40 anos -, possuíam uma "parafernália muito intensa para controlar tudo ao máximo", referiu Edgar da Palma, precisando que já estavam a ser vigiados pela GNR ao abrigo de uma investigação que durava há seis meses.

Um dos homens era o responsável pela plantação e os outros prestavam apoio e canalizavam a droga para o mercado interno, mas a GNR ainda vai prosseguir com as investigações.

Um dos elementos do grupo foi detido na residência, enquanto os outros dois foram detidos quando se deslocavam de carro para o armazém.

A operação contou com o apoio de militares do Destacamento de Intervenção de Faro e de elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Olhão.

Os detidos vão ser presentes ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Faro.

Lusa

  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.