sicnot

Perfil

País

Acesso à montanha do Pico encerra sexta-feira devido ao mau tempo

Reuters

​O acesso à montanha do Pico, o ponto mais alto de Portugal, vai estar encerrado esta sexta-feira à tarde devido ao agravamento das condições atmosféricas no arquipélago dos Açores, segundo anunciado.

Uma nota do Executivo Açoriano adianta que a decisão do Parque Natural da ilha do Pico prende-se com a necessidade de "proteção e segurança dos visitantes".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje que o furacão Gaston deverá "atingir o arquipélago dos Açores como tempestade tropical a partir do meio-dia" de sexta-feira, afetando as ilhas dos grupos ocidental e central.

Desta forma, o acesso à montanha do Pico estará encerrado a partir das 14:00 de sexta-feira (mais uma hora em Lisboa) e as 8h de sábado.

Também a casa da montanha, estrutura de apoio aos visitantes que sobem ao ponto mais alto de Portugal, com 2.351 metros de altura, estará encerrada entre as 20h de sexta-feira e as 8h de sábado.

Quanto à operação de sexta feira da empresa pública de transporte marítimo de passageiros e viaturas entre as ilhas, Atlânticoline, foi antecipada para hoje, devido à previsível "agitação marítima, acrescida de uma velocidade de vento considerável".

Em relação às viagens entre São Miguel e Santa Maria, no grupo oriental do arquipélago, a empresa informou, em comunicado, que se mantêm, "para já, no horário previsto de sexta-feira".

As previsões meteorológicas para sexta feira apontam para os grupos ocidental e central vento "muito forte" com rajadas até 110 quilómetros por hora, precipitação intensa e ondas até oito metros nas Flores e Corvo e até seis metros nas ilhas Terceira, Faial, Pico, São Jorge e Graciosa.

Espera-se que a tempestade tropical 'Gaston' diminua rapidamente de intensidade durante a sua passagem sobre o arquipélago, devendo ser absorvida por uma depressão extratropical a norte durante a tarde de sábado, explicou o IPMA.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51