sicnot

Perfil

País

Gaston deve atingir Açores como tempestade tropical a partir da tarde de 6ª feira

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje que O furacão Gaston deverá "atingir o arquipélago dos Açores como tempestade tropical a partir do meio-dia" de sexta-feira.

Segundo informação disponibilizada na página do IPMA, o centro do furacão Gaston encontrava-se pelas 09:00 de hoje "a aproximadamente 1.300 quilómetros a oeste do Faial, com deslocamento para ENE a 31 quilómetros" por hora, "devendo atingir o arquipélago dos Açores como tempestade tropical a partir do meio-dia de amanhã (sexta-feira), afetando as ilhas dos grupos Ocidental e Central".

Assim, o IPMA alerta para a possibilidade de "um agravamento das condições do estado do tempo para as ilhas do grupo Ocidental" (Flores e Corvo) "a partir das 09:00 de sexta-feira e para as ilhas do grupo Central (Terceira, Faial, São Jorge, Graciosa e Pico) "a partir das 18:00".

As previsões apontam para os grupos Ocidental e Central para vento muito forte com rajadas até 110 quilómetros por hora, precipitação intensa e ondas até 8 metros nas Flores e Corvo e até 6 metros nas ilhas Terceira, Faial, Pico, São Jorge e Graciosa.

Espera-se que a tempestade tropical diminua rapidamente de intensidade durante a sua passagem sobre o arquipélago, devendo ser absorvida por uma depressão extratropical a norte durante a tarde de sábado.

Hoje de manhã, o IPMA emitiu um aviso laranja, a partir das 09:00 de sexta-feira, para as ilhas dos grupos Ocidental e Central dos Açores devido às previsões de chuva, vento e agitação marítima.

No caso das ilhas do grupo central, o aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, é referente apenas a vento, com previsões de rajadas que poderão atingir os 110 quilómetros por hora.

Lusa

  • Furacão Gaston deverá atingir os Açores este sábado
    0:47

    País

    Os meteorologistas do National Hurricane Center dos Estados Unidos dão mais de 50% de probabilidade de os Açores serem atingidos este fim de semana por ventos ciclónicos do furacão Gaston, que, no entanto, ainda se encontra a mais de 2 mil e 500 quilómetros do arquipélago e a perder intensidade.

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".