sicnot

Perfil

País

Mazda analisa vários modelos em Portugal com defeito na bagageira

Reuters

A representante da Mazda em Portugal, a Mazda Motor Corporation, está a analisar vários modelos que podem estar afetados por um defeito detetado ao nível do apoio do amortecedor da tampa da bagageira, informou à agência Lusa.

O fabricante japonês de automóveis Mazda anunciou hoje em Tóquio que está a chamar às oficinas mais de dois milhões de veículos em todo o mundo devido a um defeito na porta da bagageira de seis modelos da marca.

Esta chamada às oficinas abrange cerca de 400 mil veículos vendidos no Japão e 1,8 milhões de unidades exportadas para fora do país.

Segundo a Mazda Motor Corporation, do lote de unidades potencialmente afetadas, produção de dez 2007 a dez 2015, abrangendo 5 modelos, algumas poderão ter sido comercializadas em Portugal.

"Estamos ainda em processo de identificação do número de unidades potencialmente abrangidas, sendo que, a acontecer e à semelhança de casos similares, os proprietários dos veículos envolvidos serão contactados de imediato para a resolução da situação", disse a empresa.

Se o problema se confirmar "a marcação será feita em moldes a combinar entre o cliente Mazda e o Concessionário Mazda e obviamente que não terá qualquer custo para o cliente".

A Mazda detetou falhas na aplicação da pintura na porta da bagageira que pode levar à corrosão.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.