sicnot

Perfil

País

Derrocada em Famalicão provoca seis feridos

A derrocada de um prédio em Famalicão fez seis feridos ligeiros. O Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga confirmou que os feridos foram retirados do local.

Última atualização 19:37

Do desabamento, segundo adiantou a fonte da Proteção Civil, "resultaram seis feridos, ao que tudo indica ligeiros".

"Chegou-se a pensar que haveria quatro soterrados, mas tal não se veio a confirmar", disse.

Segundo uma outra fonte, esta dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Famalicão, o alerta para o "desabamento" foi dado às 17:50.

Dos seis feridos, apenas um foi levado para o hospital devido a um traumatismo cranioencefálico leve, referiu a fonte. Os outros feridos sofreram "pequenas escoriações", tendo sido vistos no local pelos bombeiros

"Neste momento, estamos a fazer buscas no local para despistar que não estão outras pessoas nos escombros, algo pouco viável, mas que tem de ser feito por questões de segurança", adiantou Hercílio Campos.

Com Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.