sicnot

Perfil

País

Incêndio em Cabriz em Ribeira de Pena continua com bastante intensidade

O incêndio que há quase 24 horas lavra em Cabriz, Ribeira de Pena, continua a queimar mato com "bastante intensidade" numa zona de acessos "quase impossíveis", disse fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Vila Real.

O segundo comandante distrital operacional de Vila Real, Borges Machado, afirmou à agência Lusa, que o fogo avança em duas frentes, que ardem "com bastante intensidade", e numa "extensão muito grande".

O responsável explicou que o combate ao incêndio, que deflagrou às 22:06 de quinta-feira, está a ser dificultado pelos acessos "quase impossíveis", já que é uma zona com "declive acentuado".

Borges Machado salientou ainda que não há localidades próximas do incêndio.

Os meios foram reforçados com um grupo de Leiria. No terreno estão 128 operacionais que contam com o apoio de 35 viaturas.

Em Bormela, concelho de Mondim de Basto, o incêndio que deflagrou às 16:54, está "parcialmente resolvido", possuindo uma frente ativa que, segundo o comandante, "está a ceder aos meios".

Este fogo chegou a avançar em três frentes, queimou zona de pinhal e de eucaliptos e aproximou-se da aldeia de Bormela.

Para o terreno foram mobilizados 75 operacionais e 20 viaturas.

Por volta das 22:00, a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) contabilizava 14 incêndios no distrito de Vila Real que mobilizavam 355 operacionais, 95 viaturas.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.