sicnot

Perfil

País

Incêndio na serra de Monchique está dominado

O incêndio que lavra desde a tarde de sábado na serra de Monchique, no Algarve, foi dominado este domingo pelas 19:30.

"Neste momento, temos o incêndio dominado dentro de um perímetro, apesar de existirem alguns focos aos quais estamos atentos para garantir a sua extinção", indicou o comandante distrital de Faro da Autoridade nacional de Proteção Civil.

Segundo aquele responsável, "esta fase é tão ou mais importante do que o combate às chamas e, por isso, será mantido o dispositivo no terreno para evitar reacendimentos".

Richard Marques acrescentou que "a noite poderá ajudar a consolidar a extinção das chamas, caso se registe uma diminuição da temperatura e o aumento do grau de humidade", ressalvando, contudo, que a tendência é para que se mantenham temperaturas muito altas, a rondar os 30 graus Celsius.

"A tendência é igual à da noite anterior, com o registo de um quadro meteorológico muito severo que favoreceu a progressão do fogo", destacou Richard Marques, acrescentando que "por agora, a situação é favorável aos bombeiros".

Aquele comdante disse ainda que o dispositivo, com cerca de 412 operacionais, apoiados por 122 veículos, vai manter-se no terreno, "e será desmobilizado gradualmente".

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.