sicnot

Perfil

País

Costa inicia hoje visita de quatro dias ao Brasil

O primeiro-ministro inicia hoje uma visita de quatro dias ao Brasil, durante a qual irá participar numa receção promovida pelo recém-empossado presidente brasileiro, Michel Temer, antes da cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos, no Rio de Janeiro.

António Costa inicia em São Paulo a sua visita ao Brasil, onde terá um programa eminentemente económico e cultural.

Logo após a sua chegada, hoje ao fim da tarde, o primeiro-ministro encontra-se com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, uma das figuras centrais do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), que agora apoia o executivo de Temer.

Depois, acompanhado pelo ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, António Costa desloca-se ao Parque de Ibirapuera para participar na inauguração da Bienal de Arte de São Paulo, que, segundo o executivo, terá uma forte presença portuguesa.

A receção que o novo Presidente brasileiro oferecerá aos chefes de Estado e de Governo que vão estar presentes na cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos acontecerá na quarta-feira, terceiro dia de presença de António Costa no Brasil.

Fonte do executivo disse à agência Lusa que António Costa já conhece pessoalmente Michel Temer, que inclusivamente, na anterior qualidade de vice-presidente do Brasil, visitou o seu gabinete no Intendente quando desempenhava as funções de presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Do ponto de vista diplomático, a linha do Governo português é "afastar-se em absoluto" das questões políticas internas brasileiras, que conduziram à destituição de Dilma Rousseff do cargo de Presidente do Brasil na passada quarta-feira.

De acordo com a mesma fonte, as prioridades do executivo português no plano político passam pela realização em breve das cimeiras luso-brasileira e da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), ambas previstas para Brasília, e pelo aprofundamento das relações económicas e culturais entre os dois países.

Lusa

  • Governo quer apostar na promoção das 10 reservas da Biosfera da UNESCO
    2:05

    País

    António Costa visitou pela primeira vez a ilha das Berlengas e afirmou que quer promover e divulgar além fronteiras as 10 Reservas da Biosfera, designadas pela UNESCO, que existem em Portugal. Nesta visita, o primeiro-ministro presidiu à assinatura de um acordo de cooperação da rede de reservas da Biosfera, que poderão candidatar-se a financiamento internacional. O Governo referiu que estão a ser estudados o controlo do acesso à ilha e uma eventual cobrança de taxa.

  • "Nem crise, nem diabo. Nada virá"
    0:44

    País

    O Primeiro-ministro mantém a promessa de cumprir as metas orçamentais abaixo do 3% e afirma estar em posição confortável para dizer que o valor ficará abaixo dos 2,5%. Durante a visita às Berlengas, António Costa deixou ainda avisos ao Presidente do PSD.

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC