sicnot

Perfil

País

Arcos de Valdevez aciona Plano Municipal de Emergência

A Câmara de Arcos de Valdevez acionou esta terça-feira à tarde o Plano Municipal de Emergência, na sequência dos fogos que lavram na zona do Soajo, informou o vice-presidente da autarquia, Hélder Barros.

O plano foi ativado pelas 16:10.

De acordo com o 2.º comandante de operações de socorro de Viana do Castelo, Robalo Simões, o incêndio tinha, pelas 18:50, duas frentes ativas, e obrigou à evacuação do lugar de Paradela.

Foram retiradas "14 a 16 pessoas", conduzidas para o Centro de Dia do Soajo, mas entretanto algumas delas já puderam regressar a casa.

Ainda segundo Robalo Simões, a maioria dos habitantes daquele lugar recusou abandonar o local.

A Proteção Civil chegou também a equacionar a hipótese de evacuar o lugar de Várzea, mas tal ainda não aconteceu. A situação está a ser acompanhada para avaliar o evoluir das chamas.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, Filipe Guimarães, disse que o incêndio provocou "queimaduras ligeiras" no rosto e no cabelo de dois habitantes de Paradela.

Um outro habitante também teve de ser assistido, por inalação de fumos.

Os três foram conduzidos para o Hospital de Ponte de Lima.

O incêndio deflagrou pelas 09:00 e chegou a ser dado como dominado, mas, como sublinhou Robalo Simões, reacendeu "com grande potência" ao início da tarde.

No local está uma retroescavadora a abrir uma estrada até ao lugar de Adrão, "para tentar chegar à cabeça do fogo".

Lusa

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.