sicnot

Perfil

País

Casal de Arcos de Valdevez com queimaduras na cara devido a incêndio

Um casal de Paradela, lugar já evacuado do Soajo, Arcos de Valdevez, foi transportado pelo INEM, para um hospital, com queimaduras no rosto, disse o vereador da Proteção Civil.

Olegário Gonçalves não soube o grau das queimaduras das vítimas, que foram atingidas quando combatia um incêndio junto à sua casa. Também não referiu a idade.

O vereador disse, entretanto, que a retirada dos residentes no lugar da Várzea, também no Soajo, "está para já em 'stand by', uma vez que os bombeiros tentam dominar as chamas".

Em causa estão cerca de duas dezenas de habitantes e militares da GNR, que ficaram retidos "porque o fogo tomou conta da estrada de acesso aquele lugar", em plena área do Parque Nacional da Peneda Gerês.

Ainda segundo o vereador, as chamas já atingiram a parte território espanhol do parque.

Às 18:20, a página de Internet da Proteção Civil referia que estavam no local 54 bombeiros apoiados por 21 viaturas.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01