sicnot

Perfil

País

Dominado fogo em Soure

Arquivo

HUGO DELGADO

Mais de 18 horas depois do início do incêndio no concelho de Soure, as chamas foram dominadas. Mais de 500 hectares arderam.

O fogo começou ontem à tarde e teve duas frentes ativas, para as quais estavam esta manhã mobilizados cerca de 450 operacionais e 137 viaturas.

Três aviões e um helicóptero entraram em ação para ajudar no combate às chamas.

"O incêndio foi considerado dominado às 09:30", afirmou o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes, referindo que se avançou "bastante no combate de manhã, com a ajuda dos meios aéreos".

O fogo, que chegou a circundar a localidade de Degracias, progrediu durante a noite para sul, "em direção ao concelho de Ansião", tendo "chegado perto de duas outras localidades", mas sem colocar habitações em perigo, explanou.

Os trabalhos de rescaldo devem agora durar o dia todo, acrescentou.

Num balanço feito ontem à noite, Mário Jorge Nunes disse que o fogo já tinha consumido então "mais de 500 hectares" e ameaçou várias habitações.

Última atualização às 11:06/Com Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.