sicnot

Perfil

País

Dominado fogo em Soure

Arquivo

HUGO DELGADO

Mais de 18 horas depois do início do incêndio no concelho de Soure, as chamas foram dominadas. Mais de 500 hectares arderam.

O fogo começou ontem à tarde e teve duas frentes ativas, para as quais estavam esta manhã mobilizados cerca de 450 operacionais e 137 viaturas.

Três aviões e um helicóptero entraram em ação para ajudar no combate às chamas.

"O incêndio foi considerado dominado às 09:30", afirmou o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes, referindo que se avançou "bastante no combate de manhã, com a ajuda dos meios aéreos".

O fogo, que chegou a circundar a localidade de Degracias, progrediu durante a noite para sul, "em direção ao concelho de Ansião", tendo "chegado perto de duas outras localidades", mas sem colocar habitações em perigo, explanou.

Os trabalhos de rescaldo devem agora durar o dia todo, acrescentou.

Num balanço feito ontem à noite, Mário Jorge Nunes disse que o fogo já tinha consumido então "mais de 500 hectares" e ameaçou várias habitações.

Última atualização às 11:06/Com Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".