sicnot

Perfil

País

Duas aldeias evacuadas em Arcos de Valdevez

Em atualização

Duas aldeias evacuadas em Arcos de Valdevez

Um incêndio de grande dimensão levou as autoridades a dar ordem de evacuação nos lugares de Paradela e Várzea, em Arcos de Valdevez. De acordo com o comandante adjunto dos bombeiros, vários habitantes precisaram de assistência médica devido a inalação de fumo.

Segundo Delfim Mota, o incêndio é de grandes dimensões. As chamas deflagraram esta manhã em zona de povoamento florestal.

Em Paradela, não há condições neste momento para os habitantes voltarem às casas uma vez que existirão muitos estragos no local.

Entretanto, o vereador da proteção civil municipal de Arcos de Valdevez anunciou ter "mandado evacuar" também o lugar de Várzea, no Soajo.

Segundo Olegário Gonçalves em Paradela, na área do Parque Peneda Gerês (PNPG) "morreram animais", sem especificar a quantidade, e "alguns habitantes daquele lugar estiveram em risco de vida por terem ficado cercados pelas chamas".

Segundo a informação disponibilizada na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), às 15:46, o combate aquele incêndio mobilizava 54 operacionais apoiados por 19 viaturas e dois meios aéreos.

As chamas deflagraram hoje às 9:08 em zona de povoamento florestal.

Com Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07