sicnot

Perfil

País

GNR intensifica controlo de velocidade esta quarta-feira

Miguel Pereira da Silva / LUSA

A GNR vai intensificar, esta quarta-feira, o controlo ao excesso de velocidade através de ações de fiscalização nas vias onde este tipo de infração é mais frequente, indicou esta terça-feira a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a operação, denominada "Mercúrio", vai decorrer em todo o país nas vias com risco acrescido de acidentes de viação, designadamente nas autoestradas e estradas situadas no interior das localidades.

Na operação, os militares vão utilizar todos os equipamentos de controlo de velocidade, sejam móveis ou fixos.

A GNR avança que este ano foram multados 107.305 condutores por excesso de velocidade, menos 20 por cento do que em igual período do ano passado, quando se tinham registado 130.298 infrações.

Segundo aquela corporação, dos 5,6 milhões de condutores controlados este ano, 107.305 circulavam em excesso de velocidade.

Aveiro (14.236), Leiria (13.169) e Lisboa (12.215) foram os distritos com mais condutores multados este ano por excesso de velocidade, avançam dados daquela força de segurança.

A GNR refere ainda que tem intensificado as ações de controlo ao excesso de velocidade, uma vez que é uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave em Portugal, juntamente com a condução sob a influência do álcool e da não utilização dos sistemas de retenção.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.