sicnot

Perfil

País

Mais de 800 operacionais combatem três grandes fogos, o maior em Soure

Um total de 864 operacionais, apoiados por 265 veículos, combatiam esta madrugada três grandes incêndios, sendo o de Soure, distrito de Coimbra, o que mobiliza mais meios, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Pelas 4:35, um total de 421 operacionais e 129 meios terrestres combatiam um incêndio em mato com duas frentes na localidade de Carpinteiros, concelho de Soure, que começou às 15:33 de segunda-feira.

Ao início da noite de segunda-feira, o presidente da câmara de Soure informava a agência Lusa que as chamas já tinham consumido "mais de 500 hectares" e passaram perto de habitações na localidade de Degracias, sem registo de danos.

Em Leiria, 328 operacionais, apoiados por 104 veículos, combatem um incêndio na localidade Colmeias.

Dos três fogos destacados pela ANPC, o de Vila Real é o que mobiliza menos meios: 115 operacionais e 32 veículos para fazerem frente às chamas, com duas frentes ativas, na localidade de Soutelinho do Mezio, no concelho de Vila Pouca de Aguiar.

A Proteção Civil destaca na sua página como "ocorrências importantes" os fogos em Portugal continental com duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos.

Lusa

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.