sicnot

Perfil

País

Marcelo condecora António Champalimaud a título póstumo com Ordem do Mérito

MIGUEL A. LOPES

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta terça-feira, a título póstumo, o empresário António Champalimaud com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito, durante a cerimónia de entrega dos Prémios Champalimaud de Visão 2016.

No anfiteatro ao ar livre da Fundação Champalimaud, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que esta "é uma homenagem justa" a António Champalimaud, "que a serena distância histórica converte em inadiável", considerando que "a democracia portuguesa nunca reconheceu devidamente a envergadura da sua decisão fundadora".

"A força das democracias reside em não terem complexos nem temores sempre que se trata de fazer justiça. Neste caso, fazer justiça em nome de Portugal", acrescentou.

Segundo o chefe de Estado, a decisão de António Champalimaud deixar como herança a criação da Fundação Champalimaud foi "um passo de inequívoco relevo filantrópico nacional e internacional" e "um passo que mais nenhum outro português deu, neste tempo, na área fundacional com tão vasto alcance patrimonial e social".

A Grã-Cruz da Ordem do Mérito foi entregue pelo Presidente da República à filha do empresário, Maria Luísa Champalimaud.

A Ordem do Mérito destina-se a " galardoar atos ou serviços meritórios praticados no exercício de quaisquer funções, públicas ou privadas, que revelem abnegação em favor da coletividade".

O chefe de Estado descreveu António Champalimaud como "um homem que, como todas as personalidades fora do comum, suscitou admiração e acrimónias na sua vida empresarial, como nas suas posições cívicas", e ao qual "era indiferente esse entrechocar de opiniões e de sentimentos".

"Quis o destino que coubesse a quem algumas vezes louvou e algumas outras divergiu e criticou, como cidadão, o empresário e o cidadão António Champalimaud o assumir a responsabilidade nacional de realçar e galardoar o benfeitor social António Champalimaud condecorando-o a título póstumo com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República elogiou também a presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza, sobre quem disse que tem tido uma "liderança inteligente, lúcida, culta, e por isso cosmopolita".

Nesta cerimónia de entrega dos Prémios Champalimaud de Visão estiveram presentes, entre outros, os antigos presidentes da República Aníbal Cavaco Silva e António Ramalho Eanes, os ministros do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e do Mar, Ana Paula Vitorino, e o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho.

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.