sicnot

Perfil

País

Papa vê congresso em Fátima como momento importante para centenário das aparições

O cardeal José Saraiva Martins, enviado especial do papa Francisco, afirmou que o sumo pontífice vê o congresso internacional que começou esta terça-feira em Fátima como momento importante na preparação do centenário das aparições.

Na abertura do 24.º Congresso Mariológico Mariano Internacional que começou hoje em Fátima, concelho de Ourém, o cardeal português José Saraiva Martins sublinhou a importância com que o papa Francisco olha para este evento, no contexto do centenário das aparições de Fátima.

"O papa Francisco manifesta a sua esperança para que estes dias de oração, meditação e reflexão permitam aos estudiosos aqui presentes e a todos os participantes trazer uma nova luz sobre a inspiração que a figura de Maria pode trazer ao mundo, nas atuais circunstâncias do nosso tempo", destacou o cardeal.

A mensagem de Fátima, sublinhou José Saraiva Martins, goza "hoje de maior atualidade", indicando um "caminho a seguir para resolver os grandes problemas morais e religiosos que afligem os homens dos nossos tempos".

Pelo "rico conteúdo" dessa mesma mensagem, Fátima "deve ser vista não só como altar do mundo, mas também como a cátedra do mundo", enfatizou.

Durante o congresso, que integra o programa de celebrações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, serão apresentados e discutidos os resultados de um estudo da documentação inerente à história do evento mariofânico ocorrido em Fátima.

"Olhando os sinais do tempo do século XX, Fátima encontra-se entre os maiores e anuncia na sua mensagem muitos dos restantes sinais", realçou o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, considerando que, "talvez só hoje", passado um século, se está em condições de se compreender "com maior profundidade a verdade e todo o alcance desta mensagem para a Igreja e para a humanidade".

Discursando também na sessão de abertura, o reitor do Santuário de Fátima, Carlos Cabecinhas salientou que o congresso que se realiza em Fátima até domingo permitirá fazer um balanço "dos estudos científicos feitos até à data, aprofundar as várias dimensões da mensagem" e refletir "sobre a atualidade dessa mensagem".

A realização do congresso, no contexto do centenário das aparições, "vem sublinhar a convicção de que a celebração deste jubileu é desafio e oportunidade para um estudo científico pluridisciplinar de Fátima", afirmou o reitor do Santuário.

O Santuário de Fátima recebe o 24.º Congresso Mariológico Mariano Internacional entre hoje e domingo, sendo presidido pelo enviado especial do Papa, o cardeal José Saraiva Martins.

Promovido pela Pontifícia Academia Mariana em colaboração com o Santuário de Fátima e com as sociedades mariológicas dos diversos países, o congresso tem como tema "O acontecimento Fátima cem anos depois. História, mensagem e atualidade".

Em 2017, ano em que se comemora o centenário das aparições, é esperada a presença em Fátima do papa Francisco.

Lusa

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.