sicnot

Perfil

País

Polícia de Viseu vai ter patrulhamento em bicicleta

O comandante da PSP de Viseu, Victor Rodrigues, anunciou esta terça-feira que a força policial passou a contar com um policiamento em bicicleta destinado especialmente à zona histórica da cidade de forma a garantir o normal funcionamento do tráfego.

"O objetivo principal deste policiamento em bicicleta passa por garantir a normal fluidez do tráfego de pessoas e veículos. O que se pretende com este policiamento é realmente um policiamento mais próximo e mais eficiente, porque as bicicletas permitem uma deslocação mais fácil para a zona histórica e naquelas ruas estreitas", alegou.

Durante a apresentação do novo programa de patrulhamento, que decorreu durante a manhã desta terça-feira, Victor Rodrigues explicou que a zona histórica da cidade de Viseu tem cada vez mais gente, depois da recuperação de algumas casas que estavam devolutas e da instalação da escola Mariana Seixas na rua Direita.

"O movimento tem aumentado e sendo uma zona também de diversão noturna, há sempre muito movimento, sendo nossa intenção, com este tipo de policiamento, garantirmos a normal fluidez do tráfego, evitando o estacionamento indevido, que prejudica todo o trânsito. Temos verificado que continua a haver alguns abusos por parte da população, essencialmente na zona histórica, o que causa alguma má imagem ao turista que nos visita e alguns incómodos aos que cá estão", justificou.

De acordo com o comandante da PSP de Viseu, serão quatro os agentes que farão este patrulhamento em bicicleta, com equipamento adequado e divididos em duas equipas de dois elementos.

"Pretendemos que estejam operacionais sempre que o tempo o permitir, sendo claro que será no período de abril ou maio até outubro, pelo menos. Sempre que o tempo o permitir, utilizaremos este tipo de policiamento", acrescentou.

Este tipo de policiamento será feito "nos horários mais úteis" e "eventualmente à noite, embora no período noturno exista outro tipo de policiamento e o trânsito também causa menos problemas".

"As áreas de influência vão ser a zona histórica, a zona do Rossio e a Alberto Sampaio. Também o parque (Aquilino Ribeiro) muito frequentado por estudantes e vamos aproveitar esta facilidade de deslocação também para o Fontelo", informou.

O patrulhamento em quatro bicicletas junta-se assim ao policiamento que já é feito por agentes nos quatro segways existentes no comando.

"Vamos tentar esta experiência piloto, espero que seja útil. Acho que é um policiamento muito mais efetivo e próximo do cidadão e vamos ver se resultará: queremos crer que sim e se for útil, estenderemos a Lamego", concluiu.

Lusa

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.