sicnot

Perfil

País

Presidente da Proteção Civil demite-se

O presidente da Proteção Civil, Francisco Grave Pereira, pediu a demissão, na sequência do inquérito ao caso dos helicópteros Kamov.

A demissão está relacionada com o inquérito que no verão do ano passado a então ministra da Administração Interna Anabela Rodrigues determinou à Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que abrisse para averiguar os problemas com os Kamov.

A notícia foi inicialmente avançada pelo jornal Público, que adianta que a IGAI imputa a Francisco Grave Pereira "violação do dever de zelo na forma como a autoridade geriu o processo de transferência dos seis helicópteros pesados Kamov para a empresa que os está a operar, a Everjets".

O major-general Francisco Grave Pereira ocupava o cargo desde maio de 2014.

Fernando Grave Pereira apresentou na segunda-feira à ministra da Administração Interna o pedido de demissão, que foi aceite.

Última atualização às 11:20/Com Lusa

  • Ministra diz que ainda não escolheu o novo presidente da Proteção Civil
    0:54

    País

    O presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil demitiu-se do cargo na sequência do inquérito ao caso dos helicópteros Kamov. A ministra da Administração Interna confirma que os resultados do inquérito seguiram para o Ministério Público para apuramento de eventual responsabilidade criminal. Constança Urbano de Sousa diz também que ainda não escolheu o próximo presidente da Proteção Civil.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24