sicnot

Perfil

País

Combate a fogo em Proença-a-Nova a evoluir favoravelmente

O combate ao fogo que deflagrou esta quarta-feira às 14:00 no concelho de Proença-a-Nova mobiliza às 19:30 mais de 300 operacionais e seis meios aéreos, mas está a evoluir favoravelmente, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal.

ANT\303\223NIO JOS\303\211


"A informação que tenho dos elementos da Proteção Civil é a de que as chamas já começaram a ceder e que o combate está a progredir favoravelmente, sendo expectável que o fogo possa ser dado como dominado dentro de aproximadamente uma hora", apontou João Lobo, cerca das 19:10.

O autarca garantiu ainda que não foi necessário evacuar nenhuma povoação, apesar de as chamas terem estado muito próximas de algumas aldeias.

"Felizmente conseguiu evitar-se essa situação. De facto, já ardeu uma área muito grande e há danos em alguns palheiros e armazéns, mas não temos perda de nenhuma habitação própria", referiu.

De acordo com a informação disponibilizada na página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, este fogo deflagrou às 14:00 na localidade de Braçal, concelho de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco. Às 19:30, estava a ser combatido por 305 operacionais, auxiliados por 92 veículos e seis meios aéreos.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Johnny Depp sugere assassínio de Trump
    0:31