sicnot

Perfil

País

Sete maiores fogos em quatro distritos combatidos por mais de 800 operacionais

© Rafael Marchante / Reuters

Os sete maiores fogos florestais no continente português, em quatro distritos, estavam hoje às 14:00 a ser combatidos por mais de 800 operacionais, auxiliados por 277 viaturas e nove meios aéreos, segundo informação da Proteção Civil.

Entre os sete maiores incêndios em curso -- destacados na página da Proteção Civil na internet como "ocorrências importantes" -- está um fogo florestal na localidade de Codessoso, no concelho de Boticas, no distrito de Vila Real, que lavra desde cerca das 16:00 de segunda-feira e é, ao início da tarde, o incêndio que mobiliza mais meios operacionais no terreno, com a presença de 265 elementos de forças de socorro, apoiados por 85 viaturas e um meio aéreo.

Ainda no distrito de Vila Real, continua ativo o incêndio na localidade de Soutelinho do Mezio, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, que deflagrou cerca das 10:40 de segunda-feira e que está a ser combatido por 153 operacionais, auxiliados por 43 meios terrestres.

No distrito de Viana do Castelo, encontram-se em curso dois grandes incêndios, um no concelho de Arcos de Valdevez e outro no concelho de Cabeceiras de Basto, com um total de 192 operacionais empenhados no combate aos dois fogos, além de 60 meios terrestres e cinco aéreos.

Ainda no distrito de Viana do Castelo, entrou em resolução, pelas cerca de 13:00 de hoje, o incêndio no concelho de Ponte de Lima, que deflagrou na terça-feira pelas 12:30.

Já no distrito de Braga lavram dois incêndios, um no concelho de Cabeceiras de Basto, que teve início na terça-feira, pelas 06:00, e que mobiliza 125 operacionais, 48 viaturas e dois meios aéreos, e outro no concelho de Vieira do Minho, que deflagrou na segunda-feira, pelas 17:00, e que se encontra a ser combatido por 68 bombeiros e 23 veículos.

Outro dos sete fogos lavra no distrito de Aveiro - um incêndio em povoamento com uma frente ativa que deflagrou na terça-feira, pelas 03:00, na localidade da Junqueira, no concelho de Vale de Cambra, e que está a ser combatido por 56 operacionais, apoiados por 18 viaturas e um meio aéreo.

A Proteção Civil destaca na sua página da Internet como ocorrências importantes os fogos florestais com mais de três horas e com mais de 15 meios.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.