sicnot

Perfil

País

Sete maiores fogos em quatro distritos combatidos por mais de 800 operacionais

© Rafael Marchante / Reuters

Os sete maiores fogos florestais no continente português, em quatro distritos, estavam hoje às 14:00 a ser combatidos por mais de 800 operacionais, auxiliados por 277 viaturas e nove meios aéreos, segundo informação da Proteção Civil.

Entre os sete maiores incêndios em curso -- destacados na página da Proteção Civil na internet como "ocorrências importantes" -- está um fogo florestal na localidade de Codessoso, no concelho de Boticas, no distrito de Vila Real, que lavra desde cerca das 16:00 de segunda-feira e é, ao início da tarde, o incêndio que mobiliza mais meios operacionais no terreno, com a presença de 265 elementos de forças de socorro, apoiados por 85 viaturas e um meio aéreo.

Ainda no distrito de Vila Real, continua ativo o incêndio na localidade de Soutelinho do Mezio, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, que deflagrou cerca das 10:40 de segunda-feira e que está a ser combatido por 153 operacionais, auxiliados por 43 meios terrestres.

No distrito de Viana do Castelo, encontram-se em curso dois grandes incêndios, um no concelho de Arcos de Valdevez e outro no concelho de Cabeceiras de Basto, com um total de 192 operacionais empenhados no combate aos dois fogos, além de 60 meios terrestres e cinco aéreos.

Ainda no distrito de Viana do Castelo, entrou em resolução, pelas cerca de 13:00 de hoje, o incêndio no concelho de Ponte de Lima, que deflagrou na terça-feira pelas 12:30.

Já no distrito de Braga lavram dois incêndios, um no concelho de Cabeceiras de Basto, que teve início na terça-feira, pelas 06:00, e que mobiliza 125 operacionais, 48 viaturas e dois meios aéreos, e outro no concelho de Vieira do Minho, que deflagrou na segunda-feira, pelas 17:00, e que se encontra a ser combatido por 68 bombeiros e 23 veículos.

Outro dos sete fogos lavra no distrito de Aveiro - um incêndio em povoamento com uma frente ativa que deflagrou na terça-feira, pelas 03:00, na localidade da Junqueira, no concelho de Vale de Cambra, e que está a ser combatido por 56 operacionais, apoiados por 18 viaturas e um meio aéreo.

A Proteção Civil destaca na sua página da Internet como ocorrências importantes os fogos florestais com mais de três horas e com mais de 15 meios.

Lusa

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01