sicnot

Perfil

País

Fogo com duas frentes ativas persiste em Monchique e Portimão

O incêndio no Algarve com duas frentes ativas de grande extensão continua a progredir nos concelhos de Monchique e Portimão, disseram à Lusa várias fontes da proteção civil.

"A área ardida nas últimas 24 horas é maior do que a que ardeu no fogo que decorreu durante o fim de semana", afirmou o presidente da Câmara Municipal de Monchique, Rui André, apesar de ainda não ter números concretos da área afetada.

Segundo disseram à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Monchique e do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, "inexplicavelmente, e por vezes, o fogo tem tomado direções contrárias ao vento" verificando-se ao início da noite que as chamas progrediram para a freguesia de Marmelete e das Caldas de Monchique apesar do vento de noroeste.

"Neste momento temos duas frentes ativas que agora com a noite e com a humidade vamos tentar resolver, mas a verdade é que o vento não está a ajudar", observou Rui André.

O fogo deflagrou no passado sábado, 03 de setembro, foi dado como extinto no domingo mas reacendeu-se esta quarta-feira tendo vindo a progredir para sul e entrou ao início da tarde de hoje no concelho de Portimão.

Por precaução, foram deslocadas 16 pessoas - idosas e com mobilidade reduzida -, encaminhadas depois para casa de familiares, centros de dia e para um pavilhão desportivo de apoio à Proteção Civil.

As povoações do Carriçal, Moinho da Rocha e Tabual e o hotel Pestana junto ao Autódromo Internacional do Algarve durante a tarde de hoje.

O combate tem sido dificultado pelas condições atmosféricas, nomeadamente o vento forte que tem fustigado a zona desde quarta-feira à noite.

Segundo o site da Proteção Civil, 478 operacionais auxiliados por 163 viaturas combatiam este incêndio pelas 22.30 desta quinta-feira.

Lusa

  • Avião da Qatar Airways aterrou na Base das Lajes devido a emergência médica

    País

    Três passageiros de um voo da companhia aérea Qatar Airways, que teve de aterrar este domingo na Terceira, nos Açores, foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, naquela ilha. Fonte da Proteção Civil dos Açores disse que se tratou "de uma aterragem de emergência médica", depois de um passageiro se ter "sentido mal", após "alguma turbulência".

  • O último adeus a Fidel Castro
    1:59

    Fidel Castro 1926-2016

    O funeral de Fidel Castro realiza-se hoje em Santiago de Cuba, berço da revolução, numa cerimónia que encerra os nove dias de luto decretados após a morte do ex-Presidente a 25 de novembro, aos 90 anos.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.