sicnot

Perfil

País

Judiciária apreende 9,2 milhões de cigarros de contrabando

© Reuters

A PJ deteve quatro pessoas e apreendeu 9,2 milhões de cigarros de contrabando transportados num contentor, cuja entrada no mercado acarretaria um prejuízo de dois milhões de euros em impostos não cobrados.

Os detidos por crimes de contrafação e contrabando são três homens e uma mulher, um de nacionalidade portuguesa e três estrangeiros, com idades entre os 40 e 70 anos.

As características dos maços de tabaco, da marca "500 cinquecento", indiciam terem sido contrafeitos num país do Oriente e que o mercado britânico seria o seu destino, adianta a polícia.

Durante a operação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), em articulação com o Departamente de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, foi ainda apreendida uma viatura, dinheiro e vários equipamentos de telecomunicações.

Os detidos serão apresentados às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

A investigação contou com a colaboração da Autoridade Aduaneira.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.