sicnot

Perfil

País

Judiciária apreende 9,2 milhões de cigarros de contrabando

© Reuters

A PJ deteve quatro pessoas e apreendeu 9,2 milhões de cigarros de contrabando transportados num contentor, cuja entrada no mercado acarretaria um prejuízo de dois milhões de euros em impostos não cobrados.

Os detidos por crimes de contrafação e contrabando são três homens e uma mulher, um de nacionalidade portuguesa e três estrangeiros, com idades entre os 40 e 70 anos.

As características dos maços de tabaco, da marca "500 cinquecento", indiciam terem sido contrafeitos num país do Oriente e que o mercado britânico seria o seu destino, adianta a polícia.

Durante a operação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), em articulação com o Departamente de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, foi ainda apreendida uma viatura, dinheiro e vários equipamentos de telecomunicações.

Os detidos serão apresentados às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

A investigação contou com a colaboração da Autoridade Aduaneira.

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27